Carolina Abrantes

Veias saltadas durante a prática de atividade física? Saiba quando isso pode ser preocupante

Imagem: AdobeStock

Imagem: AdobeStock

Você já praticou musculação ou outra atividade física e percebeu que suas veias “saltaram” e ficaram em evidência?  Isso pode até parecer normal – e até certo ponto é mesmo – mas o cirurgião vascular Dr. Caio Focássio alerta: se a veia permanecer saltada após o término da atividade física durante as atividades habituais, é sinal de perigo.

“Durante o esforço físico há um aumento natural da vascularização e do fluxo sanguíneo na região que está sendo exercitada para nutri-la. Com isso, ocorre o aumento do retorno venoso e da quantidade de sangue no sistema venoso, com consequente dilatação das veias, já que são elas as responsáveis por levar o sangue de volta ao coração”, explica o médico.

De acordo com ele, todas as veias passam pelo processo de dilatação, por isso que nem todas que estão saltadas são sinais de problema ou de alguma patologia. “Mas é essencial prestar atenção aos sinais que o corpo emite”, alerta.

Por isso que atletas ou praticantes amadores de atividade física devem realizar acompanhamento médico regularmente. “Apesar de não existirem evidências científicas que comprovem o malefício para o sistema circulatório das práticas excessivas que utilizam os treinos de força, sabemos que exercitar-se de forma exagerada também pode causar outros sintomas. O ideal é que a atividade física seja introduzida de forma lenta e progressiva, devendo sempre ser acompanhada de perto por profissionais”, finaliza o médico.

Comentários

Carolina Abrantes
Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.