• Corridas de Rua - Corrida pode ser uma aliada na luta contra o câncer

Corrida pode ser uma aliada na luta contra o câncer

Olá leitores do Webrun,

Sabe-se que o câncer é uma doença que, a cada ano, afeta ainda mais a população brasileira. Entre eles, o câncer de mama é o principal entre as mulheres. Associado ao câncer de mama, o de pulmão e o colorretal, representam cerca de 30% dos casos de câncer no mundo.

+ Os melhores eventos do Brasil estão aqui. Clique e inscreva-se!

E o que a corrida tem a ver com isso? A principal hipótese do aumento significativo de casos de câncer na população mundial, é o envelhecimento populacional associado a um estilo de vida não saudável: alimentação inadequada, sedentarismo e consumo de bebidas alcoólicas.

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Então, em cima dessa hipótese, podemos entender o papel da corrida como aliada na luta contra o câncer. Uma importante pesquisa dinamarquesa mostrou que a corrida atua, na redução do crescimento e da multiplicação das células tumorais.

O estudo foi realizado da seguinte forma: células tumorais de diferentes tipos foram introduzidas em 3 grupos de ratos. Um grupo de  sedentários, outro fisicamente ativos e outro que iniciou a atividade física no momento da inoculação das células tumorais. O resultado mostrou que, independente do exercício ter sido feito antes ou depois da introdução de células cancerígenas, a corrida foi capaz de reduzir a multiplicação e o crescimento dessa células tumorais. Ou seja, no momento de um diagnóstico de câncer, é fundamental que se inicie um exercício aeróbio para otimizar o tratamento.

E, de que forma a corrida reduziu a quantidade e o crescimento das células tumorais?

O artigo também mostrou que: os tumores de ratos ativos apresentavam maior quantidade de células do sistema imune (células responsáveis pela defesa do organismo contra bactérias, vírus). Sendo desta forma, a atuação da corrida como um aliado na luta contra o câncer.

+ Um evento incrível na capital paulista. Inscreva-se para a 25ª Maratona Internacional de São Paulo!

Além deste estudo, está bem claro pra comunidade científica que pessoas fisicamente ativas tem menor risco de desenvolver vários tipos de câncer. Ou seja, não espere o diagnóstico de câncer para iniciar a prática da corrida, a corrida é um fator protetor para uma das doenças que mais mata no mundo.

Obrigada e até a próxima coluna!

Comentários

Tags:, , , , , ,
Ana Carolina Côrte
Dr. Ana Carolina Côrte é formada em medicina do esporte, tem doutorado em Ciências médicas com enfoque em Obesidade e Exercício, além da pós graduação em Termologia Médica. É pós-doutorada em Medicina do Esporte. Atualmente é médica do Comitê Olímpico Brasileiro, da clínica PULSE e do Sport Club Corinthians Paulista.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade

NEWSLETTER