Home / Conteúdo / Notícia

|http://www.webrun.com.br/h/noticias/conheca-sintomas-da-inflamacao-do-pubis-ou-sinfisite-pubica/13467|http://www.webrun.com.br/h/noticias/conheca-sintomas-da-inflamacao-do-pubis-ou-sinfisite-pubica/13467
Notícias

Por Dr. José Marques Neto | 09/04/2012 - Atualizada às 12:36

Conheça sintomas da inflamação do púbis, ou sinfisite púbica

A lesão é muito comum em corredores

  • A região do reto abdominal acaba prejudicada com essa lesão Crédito: Användare:Chrizz/ Licença Creative Commons

A sinfisite púbica, ou pubeíte, ou ainda osteíte púbica, é uma inflamação que ocorre na sínfise do pubis (uma articulação semimóvel que une o púbis formando a bacia) na região da origem dos músculos adutores da coxa (que movimentam as coxas para o centro do corpo). Ocorre logo em sua borda lateral e na inserção do músculo reto do abdome, localizado na porção superior desta articulação.

Muito comum em jogadores de futebol e corredores, a lesão ocorre pelo desequilíbrio de força entre estes grupos musculares mencionados: os adutores tracionando a sínfise para o lado e o reto abdominal tracionando-a para cima. Quando um grupo muscular se encontra demasiadamente mais forte que o outro, a diferença de forças gera um desgaste local, seguido do processo inflamatório e, consequentemente, o quadro clínico já bem conhecido: dor à palpação da sínfise.

Também ocorre desconforto no momento em que o grupo muscular dos adutores e do retoabdominal são exigidos, além da incapacidade de desenvolver a atividade física sem dor. O tratamento écomposto de medidas fisioterápicas como analgesia e terapia com movimentos. Também são recomendados exercícios de fortalecimento muscular para o reequilíbrio da região e alongamento das estruturas envolvidas. Compressas de gelo também podem ser utilizadas.

O exame físico é muito característico e pode fechar o diagnóstico, mas a confirmação através de exames de imagem como a ressonância magnética também é utilizada. O tratamento conservador através de sessões de fisioterapia é longo e no caso de falha do mesmo, a opção cirúrgica pode ser considerada.

Dr. José Marques Neto


Consultor Webrun da seção Medicina Esportiva. É graduado em medicina pela Universidade de São Paulo (USP) e também em cinesiologia, Magna Cum Laude pela Texas Christian University, nos Estados Unidos. Médico pós-graduado em Fisiologia do Exercício, especialista em Medicina do Esporte pela SBME e em Ortopedia e Traumatologia pela SBOT. Atualmente trabalha no Instituto VITA (Higienópolis) em São Paulo. Site: www.doutorneto.med.br

Comentários

Publicidade

Publicidade