• Nutrição - O mês de junho chegou: veja 5 dicas para se manter saudável na Festa Junina

O mês de junho chegou: veja 5 dicas para se manter saudável na Festa Junina

Paçoca, quentão, pastel e as outras mais diversas delícias são um perigo para dieta

A nutróloga Dra. Ana Luisa Vilela, da capital paulista, afirma que não é preciso ter medo de encarar as guloseimas temáticas das festas típicas dos meses de junho e julho. Sabendo apostar nos alimentos certos, os quitutes podem não apenas não engordar como ainda podem ajudar a melhorar o funcionamento do organismo.

Nos doces, aposte nos derivados do milho verde, como o cural e o arroz doce integral Foto: Daniel Reche/Fotolia

Nos doces, aposte nos derivados do milho verde, como o cural e o arroz doce integral Foto: Daniel Reche/Fotolia

Mas, a médica pede cuidado com os quitutes perigosos das festas. ”Salsicha, paçoca, arroz-doce e canjica, por exemplo, possuem quase 400 calorias em apenas 100 gramas”, alerta acrescentando que ”é preciso saber fazer substituições saudáveis”.

Trocar os embutidos por carnes frescas, como um sanduíche de carne desfiada ou moída ou até apostar no famoso churrasquinho assado, pode fazer toda a diferença na quantidade das calorias ingeridas. “Além de serem ricos em proteínas, se combinados com o milho cozido, que é rico em fibras, esses alimentos podem estimular o bom funcionamento do organismo“, diz Dra. Ana.

Salsicha, paçoca, arroz-doce e canjica, por exemplo, possuem quase 400 calorias em apenas 100 gramas Foto: Isabel Fragoso Marin/Fotolia

Salsicha, paçoca, arroz-doce e canjica, por exemplo, possuem quase 400 calorias em apenas 100 gramas Foto: Isabel Fragoso Marin/Fotolia

Mesmo assim, é importante ter atenção para as quantidades. “Se a porção consumida for pequena, a pessoa não fica com aquela sensação de que exagerou e um pedaço bem pequeno – que equivalha a metade da palma da mão – é a dose para experimentar de tudo sem exagerar ”, aconselha a médica.

+ Participe do Circuito de Corridas Caixa, etapa Recife. Clique aqui!

Quem não abre mão dos doces, pode apostar ainda nos derivados do milho, como o cural ou a pamonha. Além disso, dê preferência às oleaginosas, como as castanhas ao invés do amendoim. “Prefira sempre os mais naturais possíveis e fuja mesmo das frituras já que o óleo dessas festas normalmente é reutilizado e se transforma em gordura trans – que está diretamente relacionada às doenças cardiovasculares”, completa a médica que deixa 5 dicas importantes:

1. Troque o cachorro-quente por um lanche de carne desfiada. É uma boa opção para fugir dos embutidos e, se o pão for integral, melhor ainda.

2. Milho e pinhão cozidos se forem consumidos em pouca quantidade não dão a sensação de exagero na comilança. Já as oleaginosas, são ricas em gorduras boas que ajudam na produção de serotonina, o hormônio do prazer.

3. Nos doces, aposte nos derivados do milho verde, como o cural e o arroz doce integral, e evite os extremamente açucarados, como o doce de leite, a paçoca e a canjica.

Quem não abre mão dos doces, pode apostar ainda nos derivados do milho, como o cural ou a pamonha Foto: Paulo Vilela/Fotolia

Quem não abre mão dos doces, pode apostar ainda nos derivados do milho, como o cural ou a pamonha Foto: Paulo Vilela/Fotolia

4. Prefira alimentos como a batata doce assada em versão chips que possui vitaminas como a A e a B, potássio, ferro, fósforo, cálcio a antocianinas, que ajudam os praticantes de exercícios a recompor as energias.

5. Na hora de preparar o quentão aposte em uma versão sem álcool e troque o açúcar branco pelo adoçante.

 

Comentários

Tags:, , , , , , ,
Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade