• Outros - Maratona de Londres tem quebra de recorde mundial

Maratona de Londres tem quebra de recorde mundial

Uma semana muito animada no universo da corrida. Duas Majors: na segunda feira (17) aconteceu a Maratona de Boston e no domingo (23) a Maratona de Londres. A capital londrina recebeu a 37 edição dessa prova que tem como um dos objetivos angariar fundos para campanhas que ajudam pessoas com deficiência. A prova teve um clima tipicamente londrino, enquanto alguns trechos estavam com neblinas, em outros o Sol aparecia timidamente, a temperatura não passou dos 12C ao longo da prova.

A única maratona que passa pelos dois hemisférios do planeta, Ocidental e Oriental, já que Londres é dividida pelo Meridiano de Greenwich. Com a chegada em frente ao Palácio de Buckingham, a corrida passou por diversos pontos turísticos da cidade. A campeã do ano passado, que treinava para defende sua marca, Jemima Sumgong não pode participar da prova já que foi pega em uma exame antidoping e foi proibida de participar e defender sua marca de 2016.

Foto: Virgin Money London Marathon Foto: Virgin Money London Marathon

Partcipe da Meia Maratona Ecológica de Curitiba

Corrida

A prova masculina foi acirrada. No início, havia um pelotão com mais de 10 corredores que disputavam o primeiro lugar, depois de alguns quilômetros esse pelotão diminuiu para seis pessoas. Onde o campeão Daniel Wanjiru, aparecia atrás, quem liderava esses corredores era o etíope Kenenisa Bekele, que ficou em segundo lugar nessa maratona, com um tempo de 2h05min57.

No quilômetro 20, esse pelotão aumentou para oito pessoas, Bekele mantinha a liderança. No quilômetro seguinte, ele ficou para trás e quem liderava o pelotão era o etíope Feyisa Lilesa seguido pelo também etíope Asefa Mengstu. Nos 25 km, o campeão Wanjiru ultrapassou Lilesa e não saiu mais da primeira posição, cruzou a linha de chegada com 2h05min48 de prova. Foi apenas nos últimos quilômetros que Bekele reapareceu e conseguiu conquistar o segundo lugar.

Foto: Virgin Money London Marathon Foto: Virgin Money London Marathon

A prova feminina teve quebra de recorde mundial A queniana Mary Keitany venceu a maratona com 2h17min01 sem ajuda de pacemaker. Porém o recorde com pacemaker ainda é de Paula Redcliffe, com 2h17min42. Keitany liderou a prova desde o início, se tornando a favorita a levar o primeiro lugar, aos 21 km de prova, a projeção era para que a atleta cruzasse a linha de chegada com 2h13min50. Porém, entre os km 25 e 30 a queniana, que já venceu a maratona de Nova York três vezes, começou a dar sinais de desgaste e diminuiu um pouco o ritmo.

A estreante em maratonas Vivian Cheruiyot, ficou por algum tempo em segundo lugar, uma ótima posição para quem estreava em uma Major. A partir do quilômetro 30, Cheruiyot caiu para quinta posição e Tirunesh Dibaba ficou em segundo lugar até terminar a prova com 2h17min56.

Foto: Virgin Money London Marathon Foto: Virgin Money London Marathon

Ranking

– Top 10 masculino

1. Daniel Wanjiru (KEN) – 2:05:48
2. Kenenisa Bekele (ETH) – 2:05:57
3. Bedan Karoki (KEN) – 2:07:41
4. Abel Kiruti (KEN) – 2:07:45
5. Alphonce Simbu (TAN) – 2:09:10
6. Ghirmay Ghebreslassie (ERI) – 2:09:57
7. Asefa Mengstu (ETH) – 2:10:04
8. Amanuel Msel (ERI) – 2:10:44
9. Javier Guerra (ESP) – 2:10:55
10. Michael Shelley (AUS) – 2:11:38

– Top 10 feminino

1. Mary Keitany (KEN) – 2:17:01
2. Tirunesh Dibaba (ETH) – 2:17:56
3. Aselefech Mergia (ETH) – 2:23:08
4. Vivian Cheruiyot (KEN) – 2:23:50
5. Lisa Weightman (AUS) – 2:25:15
6. Laura Thweatt (USA) – 2:25:38
7. Helah Kiprop (KEN) – 2:25:39
8. Tigist Tufa (ETH) – 2:25:52
9. Florence Kiplagat (KEN) – 2:26:25
10. Jessica Trengove (AUS) – 2:27:01

Este texto foi escrito por: Gabriel Gameiro

Comentários

Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade