• Corridas de Rua - Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Veja a resposta do ortopedista para essa e outras questões

Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Veja a resposta do ortopedista para essa e outras questões

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Quase todos os corredores já enfrentaram algum tipo de lesão durante sua trajetória no esporte. Sendo assim é considerado normal o desgaste ou má postura de alguma parte do corpo, porém isso não diminui a atenção que devemos ter com a mecânica da corrida.

O médico ortopedista especialista em ombro e cotovelo com vasta experiência em diagnósticos, tratamentos e cirurgias, Dr Jorge Assunção, respondeu um bate-bola que fizemos com questionamentos sobre lesões.

Confira!

Webrun: Alguns corredores sentem dor no ombro ao correr, quais podem ser as principais causas?

Dr. Jorge: As lesões dos membros inferiores nos corredores são muito comuns. Entretanto, as dores nos ombros podem acometer inúmeros corredores. Estas podem ser ocasionadas por má postura, tensão excessiva na musculatura ao redor da escápula e da coluna cervical.

Problemas no ombro como tendinites, bursites, lesões do manguito rotador e lesões SLAP também estão entre as causas mais comuns do ombro nestes atletas. Também não podemos esquecer das lesões ocasionadas por quedas durante a corrida, as mais comuns nestes traumatismos são as luxações acromioclaviculares, as fraturas de clavícula e as fraturas do úmero proximal.

Webrun: Má postura no exercício ou no dia a dia?

Dr. Jorge: A dor no ombro pode ser tanto por má postura no exercício ou no dia a dia. Sabemos que os corredores devem manter o tronco ligeiramente a frente dos quadris e membros inferiores, isto melhora a biomecânica e diminui o esforço durante a corrida. Tentar manter ele ereto tensiona demais a musculatura do tronco e membros superiores podendo ocasionar dor durante a atividade esportiva.

Posturas também inadequadas durante o dia a dia, na frente do computador, ou no uso de tablets e celulares podem ser as causas de desconforto na musculatura do tronco e ao redor do ombro. Posteriormente o indivíduo pratica a atividade esportiva com a musculatura fadigada e imputa toda causa da dor nesta atividade.

Webrun: Dores no pescoço podem estar relacionadas?

Dr. Jorge: Sim. Muitas das dores no ombro, especialmente aquelas ao redor da escápula, são ocasionadas por problemas posturais ou na coluna cervical. O médico e o preparador físico na sua avaliação devem estar atentos a esta possibilidade.

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Webrun: A movimentação nos ombros na corrida pode auxiliar a corrida? Os braços devem oscilar de maneira oposta ao das pernas ou junto com elas?

Dr. Jorge: Os músculos do ombro, tronco e da coluna cervical são muito importantes durante a corrida. Uma movimentação suave e coordenada com os membros inferiores ajuda muito na performance esportiva e previne lesões. Ao dar as passadas, o correto é que seus membros superiores oscilem de maneira oposta ao dos membros inferiores. A maioria dos corredores realiza um trabalho intenso de fortalecimento e alongamento dos membros inferiores, mas a musculatura do tronco e da cintura escapular (ombros) não deve ser esquecida, principalmente quando estamos falando de longas distâncias.

Webrun: Atletas com lesão nos ombros podem correr sem prejudicar a recuperação do membro afetado? Caso não, quais outros tipos de de atividades que podem ser feitos sem prejudicar?

Dr. Jorge: Os atletas com possibilidade de lesões nos ombros devem passar por uma avaliação médica. Preferencialmente com um especialista de ombro para ter um diagnóstico mais preciso. Muitas lesões do ombro são de tratamento não cirúrgico e este pode ser realizado sem o prejuízo da atividade esportiva do paciente. Para os casos mais graves, onde é preciso de um tratamento cirúrgico, temos uma boa notícia: a corrida é um dos primeiros esportes permitidos para os pacientes, alguns meses antes da musculação e da natação inclusive. Muitos atletas podem correr após 2 a 3 meses após a cirurgia.

Comentários

Tags:, , , , , , ,
Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade