• Saúde - O que a saúde bucal do atleta tem a ver com sua corrida?

O que a saúde bucal do atleta tem a ver com sua corrida?

Se você é corredor, precisa prestar ainda mais atenção na sua ida ao dentista

Foto: Adobe Stock

Foto: Adobe Stock

Do pé ao topo da cabeça. A corrida é um exercício que movimenta todas as partes do seu corpo. Não é à toa que corredores precisam sempre ter seus exames em dia e acompanhamento médico. O que muitos acabam deixando de lado, mas que não é menos importante, é a saúde bucal. Já sentiu mau hálito depois de correr? Começou a ter cárie? E bruxismo, tem? Todos esses aspectos podem estar relacionados aos hábitos que você tem com seus dentes e tudo que envolve sua boca!

No geral, as pessoas devem ter um cuidado com a saúde bucal, mas os esportistas precisam prestar ainda mais atenção nisso. Em 2015, por exemplo, foi criada a especialidade Odontologia do Esporte, pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). A atuação do Cirurgião Dentista possibilita uma melhora de desempenho físico e pode prevenir e tratar mudanças no sistema estomatognático (mastigação, respiração, fonação). “Isso está intimamente ligado à função de outros sistemas do resto do corpo: como o nervoso, muscular,  circulatório, o sistema endócrino, entre outros”, comentam a dentista doutora Jaqueline Ferreira, Coordenadora Técnica de Odontologia da NotreDame Intermédica, e o doutor Alexandre Fonseca Barberini.

+ Faça parte da I Corrida do Paraná Clube!

Você pensava que a saúde bucal poderia tanta importância para um corredor? Os especialistas ainda falam sobre a necessidade dos atletas passarem por uma avaliação detalhada da condição bucal. “É possível detectar, por exemplo: má oclusão, focos de infecção e inflamação. Além disso, problemas nas articulações que podem interferir na mastigação e digestão da comida. Isso impacta na absorção dos nutrientes, também na perda do equilíbrio muscular, dor de cabeça, problemas na postura (gesto esportivo), desconforto e estresse”, comentam. Webrun separou algumas frases que corredores escutam no dia a dia. Os doutores Jaqueline Ferreira e Alexandre Barberini explicam e comentam sobre cada uma delas:

“Sinto mau hálito quando corro”

Segundo os especialistas, quando a respiração durante a corrida se torna bucal ou mista, a quantidade de saliva diminui. “Esse aspecto pode causar mau hálito e gosto ruim na boca. Para aliviar essa sensação, é indicado beber água, repositores ou isotônicos – os últimos dois sempre com moderação”, sinalizam.

“Eu não uso uma placa protetora para correr”

Já pensou em começar a usar? O gesto esportivo da corrida está ligado a postura do atleta e isso mexe com o sistema estomatognático – incluindo mandíbula e articulações. “Esse sistema é de extrema sensibilidade e importância para a manutenção do equilíbrio do corpo. A mudança de postura, que tem relação com a alteração de posição da mandíbula, coluna cervical, pode promover sobrecargas de força na dentição e músculos. Lesões como briquismo e abfrações – apertamento e desgastes no colo do dente -, bruxismo – desgaste dos dentes – e problemas musculares e articulares podem acontecer. Elas levam a impactos e tensões na arcada dentária e coluna”, falam os doutores. Uma forma de evitar esses problemas é usar placas e protetores otimizadores de desempenho específico para a corrida.

“Me alimentei bem e tomei um energético antes de correr!”    

Ir bem alimentado e disposto para o seu exercício é essencial. Porém, mudar sua alimentação pré-treino e escovar os dentes, podem ser opções para diminuir suas chances de ter cárie e erosões dentárias. “Os restos alimentares, principalmente carboidratos, bebidas isotônicas e repositores energéticos, carbo-hidratos industrializados e bebidas açucaradas, modificam o PH salivar; promovendo erosões no esmalte dos dentes e aumentando os índices de cáries dentárias”, analisam. Os especialistas ainda comentam que “a respiração bucal durante a prática esportiva também modifica o fluxo salivar e o PH”.  

“Acabei me acostumando a respirar pela boca enquanto não corro”

Respirar pela boca é um hábito comum entre os corredores. Mas vamos deixar essa prática apenas nos momentos em que você está se exercitando! “A respiração bucal crônica pode estar associada com desvios posturais e também e pode ocasionar problemas na musculatura da face”, alertam os dentistas.

Não deixe de colocar a ida ao dentista na sua próxima bateria de consultas!

+ Confira provas para participar em todo Brasil!

Comentários

Tags:, , , , , ,
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade

NEWSLETTER