• Corrida - O voo que não pousou em Noronha e a nova categoria 5727. Veja a história incrível

O voo que não pousou em Noronha e a nova categoria 5727. Veja a história incrível

Já pensou se organizar por meses, sonhar, treinar e nos 45 minutos do segundo tempo ver seu sonho (literalmente) voando para longe? Foi o que aconteceu com os passageiros do voo 5727 da Azul, que saiu de Recife para Fernando de Noronha. Nele, 47 corredores estavam ansiosos e preparados para dar seu melhor nos 21k que aconteceu neste sábado (24).

Na véspera do evento, o último avião que pousaria na ilha arremeteu (isso acontece quando o voo precisa retornar depois de falhas no procedimento de pouso ou quando o piloto não tiver referência visual da pista) e os tão sonhados quilômetros dos atletas iam ficando para trás, já que os voos na ilha só podem aterrissar em Noronha depois das 8h.

A largada era 7h15.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Inconformados que iriam perder a prova no dia seguinte, começou a revolução no aeroporto de Recife. Mesmo em contato com os organizadores da prova, uma solução para o que estava acontecendo parecia distante, afinal mudar a rota dos aviões para lá não é algo tão simples.

+ Inscreva-se para a Indomit Pedra do Baú. Clique aqui!

No meio da loucura do ‘tudo certo, mas nada resolvido’ a Azul conseguiu ajustar um voo extra que pousaria em Noronha antes das 8h. A organização prontamente se habilitou a fazer uma largada às 9h, exclusiva para os atletas do voo 5727.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Eles mal conseguiram dormir, já que na madrugada do dia 24 já estavam de pé, com suas roupas de prova e prontos para pegar aquele voo histórico. Chegando na ilha, um ônibus da organização estava a espera dos atletas e eles não precisaram pagar a TPA (taxa de proteção ambiental – obrigatória para entrar em Fernando de Noronha).

Com mala e cuia a largada aconteceu às 9h e os 47 atletas tiveram até premiação especial: a categoria voo 5727. Sem dúvida o evento ficará marcado para sempre na memória dos atletas e da organização, que comemorava 5 anos. Com esse episódio, eles mostraram que o valor de cada corredor vai muito além do simples número de peito.

+ Clique aqui e inscreva-se para a Amazing Runs Ilha do Mel!

E sabe um dos detalhes mais especiais do evento? O atleta Claudio Rocha dos Santos, correu os 21k e fez o melhor tempo da prova, 1h30min36, venceu no geral (tecnicamente) e na categoria do voo. Incrível.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Parabéns a organização da 21k Noronha e  aos atletas que venceram o desafio!

Comentários

Tags:, , , , ,
Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade