11° Triathhon Internacional de Santos

A mais importante prova na distância olimpica realizada no Brasil, o Triathlon Internacional de Santos foi dominado pelos atletas estrangeiros, o Brasil, no entanto, como tradicionalmente acontece neste evento que reúne algumas das maiores estrelas do esporte mundial garantiu alguns lugares no pódio, nesta edição que marca a entrada da competição em sua segunda década (!) foram quatro brasileiros que alcançaram esse objetivo.

A prova com a largada acontecendo às 8:30 horas na praia do Boqueirão com a temperatura já na casa dos 30°C teve como vencedor o norte-americano Doug Friman, que assumiu a liderança da prova na etapa do ciclismo para não mais perder e cruzar a linha de chegada com o tempo de 1:48:35.

Friman foi o responsável pelo melhor “pedal” do dia percorrendo os 40Km da etapa em 55:59, mais de dois minutos de vantagem sobre o seu compatriota Ken Ghah (57:19) que fez o segundo melhor tempo no ciclismo, assim Doug Friman pode poupar-se na corrida.

A boa notícia foi a segunda colocação do brasileiro Renato Dantas (Pão de Açúcar Club) com o tempo de 1:49:49. Dantas fez uma prova de recuperação na etapa da corrida onde percorreu os 10km em 33:33, sendo essa a melhor performance entre os que conquistaram o pódio.

Na terceira colocação o argentino Daniel Fontana com a marca de 1:50:05, seguido pelo brasileiro Virgílio de Castilho, na quarta colocação, com 1:50:45.

Já Ken Glah teve dificuldades na corrida (35:48) mas mesmo assim garantiu mais um pódio na competição concluindo a prova em 1:51:13.

No feminino a vitória ficou com a canadense Carol Montgomery com a marca de 2:00:43.

A canadense saiu da’água junto as líderes e fez o segundo melhor “pedal” entre as triathletas que conquistaram o pódio – 1:04:19 contra 1:03:33 da inglesa Bella Comerford, a segunda colocada ao final. Montegomery entretanto fez a melhor corrida (38:24), o que lhe garantiu a vitória.

Na terceira colocação atrás de Comerford (2:03:07) sua compatriota Annie Emmerson com 2:03:24.

Completaram o pódio as triathletas brasileiras Sandra Soldan e Carla Moreno, quarta e quinta colocadas respectivamente. Ambas foram as primeiras a sairam d’água seguidas de perto por Montgomery.

No cilclismo, no entanto, Moreno perdeu algumas posições, já Soldan fez a transição ciclismo-corrida em segundo lugar, perdendo duas posiçães nesta etapa da prova.

Ao final Sandra Soldan concluiu o percurso com o cronômetro registrando 2:04:18 e Carla Moreno com a marca de 2:04:38.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts