3 exercícios para manter a coluna no lugar

Cerca de 80% da população passa quase 90% do tempo sentado. Seja na cadeira do trabalho, no banco do carro, na sala de espera ou a mesa durante as refeições. Mas, nosso corpo não foi feito para ficar parado o tempo todo. Com a correria do dia a dia nem todo muito consegue um tempinho para se exercitar. Um dos grandes problemas atualmente é o sedentarismo. E a falta de atividade física faz com que quase todo mundo sofra, pelo menos uma vez na vida, com aquela dorzinha nas costas, que pode ser causada pela coluna fora do lugar.

A postura pode afetar o corpo fisiologicamente de diversas de maneiras. Quem tem uma boa postura cria um melhor alinhamento dos órgãos, reduz a indigestão, fortalece os principais grupos musculares e diminui significativamente as dores musculares. Enquanto a má postura pode até reduzir a função pulmonar.

3 exercícios para manter a coluna no lugar
Exercícios que podem ser feitos em casa amenizam o incômodo na coluna/ Foto: Fotolia

Para amenizar esse incômodo e evitar problemas maiores, a profissional de educação física Audrea Lara, idealizadora do Ballet Pilates, deu algumas dicas de como manter a coluna no lugar usando uma fit ball.

Alguns exercícios usando a simples bola grande de pilates (Fit Ball), obrigatoriamente a postura já tem que ficar ereta. Uma das primeiras coisas que precisa verificar é se você está usando uma bola que tenha o tamanho certo e que esteja devidamente insuflada. Depois disso, entenda que a bola é uma parte do seu corpo e grude nela, assim os exercícios se tornam ainda mais seguro, alerta Audrea.

+ Participe de uma corrida virtual aqui!

Fit ball traz inúmeras opções de exercícios/ Foto: Fotolia
Fit ball traz inúmeras opções de exercícios/ Foto: Fotolia

3 exercícios para manter a coluna no lugar

1. Abdominal

Durante o abdominal é possível trabalhar o fortalecimento da musculatura do abdômen. Assim, conseguimos com que o exercício alcance uma ativação completa das costas e dos estabilizadores da coluna.

Deite-se com a parte (região dorsal) sobre a bola e coloque as mãos atrás das orelhas. Flexione o tronco, aprofunde o abdômen e volte para a posição inicial. Para evitar esforçar o pescoço, queixo mais próximo do peito, como se tivesse segurando um limão, olhe para a frente e não para os joelhos.

2. Flexão do tronco na bola

Ajoelhe-se em frente à bola, com a barriga pressionada sobre esta e coloque as mãos sobre cada lado da bola. Estenda as costas esticando os braços e as pernas e volte à posição inicial depois de uma pequena pausa. Expire ao estender e inspire ao voltar à posição inicial.

3. Extensão braços-pernas alternando

Deite-se na bola, com a barriga pressionando contra ela e mantenha o equilíbrio com os pés e as mãos no chão. Estique o braço esquerdo e a perna direita para fora e para cima e baixe-os depois de uma pequena pausa. Troque de lados depois de cada repetição.Expire ao esticar e inspire ao voltar à posição inicial.

+ Conheça aqui o seu calendário completo de corridas de rua!

Ela também pode ser uma ótima ainda no dia a dia. Qualquer pessoa pode trocar a cadeira pela bola, isso fará com que o trabalho de alongamento seja continuo no dia a dia além de diminuir o risco de lesões. O equilíbrio, a força e a coordenação são habilidades que além de serem ativadas durante a prática podem ser levadas para a rotina, explica Audrea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carolina Abrantes

Carolina Abrantes

Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.

Ver todos os posts