3ª Meia Maratona Corpore

A segunda etapa do Circuito Corpore Pão de Açúcar de Corridas, realizada domingo (21/04), reuniu recorde de participantes no Parque Villa Lobos, em São Paulo, ultrapassando os 6 mil inscritos, que se dividiram para disputar a Meia maratona de São Paulo e os 8 km do Exército Brasileiro.

Valdenor Pereira dos Santos não encontrou dificuldades para vencer a prova de 21 km, que valia uma vaga para disputar o Mundial de Meia maratona, que acontece no dia 5 de maio, em Bruxelas, na Bélgica.

O atleta cruzou a linha de chegada em 1h03min37s, mais de um minuto à frente do segundo colocado, Marílson Gomes dos Santos, da equipe Pão de Açúcar BM&F São Caetano do Sul, que finalizou os 21 km em 1h04min33s.

Os dois atletas mantiveram-se na liderança até o km 11, quando Marílson, que venceu há quinze dias a Meia Maratona de Santo André, começou a perder contato com Valdenor. A partir de então o atleta do Cruzeiro só administrou o resultado.

A briga pela terceira colocação foi definida faltando apenas um quilômetro para o final. O atleta do Pão de Açúcar BM&F de São Caetano do Sul Daniel Lopes Ferreira, campeão da edição passada, garantiu a terceira colocação da prova com o tempo de 1h04min49s, seguido por Sérgio Gonçalves da Silva, com 1h04min52s, e Luís Antônio dos Santos, com 1h04min56s.

No feminino, Marizete de Paula Rezende (Fundesport) faturou a vaga para o Mundial garatindo a primeira colocação, com o 1h15min04s. Viviany Anderson (Pão de Açúcar BM&F SC Sul) finalizou a prova em segundo (1h15min52s), Selma dos Reis (Mizuno) em terceiro (1h16min06s), Luciene Soares (Powerbar) em quarto (1h16min47s) e Maria das Graças (Powerbar) em quinto (1h17min00s).

Para Viviany, que ficou oito meses longe das competições e voltou apenas uma semana atrás, nos 10 km da Avon Running, a segunda colocação teve sabor de vitória. “Fiz questão de correr os 21 km porque é uma das minhas especialidades, apesar de estar com uma quilometragem semanal baixa para esse tipo de prova”, conta a atleta, que está treinando de 80 a 100 km por semana. “Corri os últimos três quilômetros na garra, na experiência e na vontade de estar no pódio novamente”, acrescenta Viviany.

Este texto foi escrito por: Fernanda Paradizo

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts