4 motivos para mulheres apostarem no treino de membros superiores

Quando o assunto é musculação de membros superiores, muitas mulheres dispensam o workout e acabam focando no fortalecimento de pernas, bumbum e abdômen. O principal motivo de deixar de lado o treino de membros superiores é o medo de que eles fiquem muito em evidência.

Natalia Bruzzone, professora da rede de academia Smart Fit, esclarece que as mulheres podem ficar despreocupadas: “O treinamento de força é importante para a construção da densidade óssea. Ele tem como finalidade ajudar a corrigir a postura e é ótimo para a perda de gordura. Além disso, a testosterona é o principal hormônio responsável pelo aumento da massa muscular, e mulheres possuem apenas uma pequena fração dele em comparação aos homens, por isso o ganho de massa é bem mais difícil”, explica.

4 motivos para mulheres apostarem no treino de membros superiores
Foto: Fotolia/Alex Artur Hidden

Confira algumas das vantagens que devem ser levadas em consideração antes de deixar o treino de membros superiores de lado na academia.

+ Seu calendário completo de corridas virtuais está aqui!

4 motivos para mulheres apostarem no treino de membros superiores

1. Reduz a gordura que fica à mostra nas blusas regatas

Quem é que nunca colocou uma blusinha e percebeu uma gordurinha sobressalente entre peitoral e axilas? Algumas mulheres se sentem desconfortáveis com a saliência e até deixam de usar algumas roupas por conta disso. Com o treino específico e seguindo direitinho o cronograma, a redução de gordura na região é certa.

2. Deixa a musculatura do tríceps firme e definida

Outro dilema das mulheres é o famoso “tchauzinho”, devido à musculatura flácida dos tríceps. Fortalecer a região acaba com esse incômodo de uma vez por todas!

3. Evita tendinites e bursites

Tão importante quanto o resultado estético é o resultado preventivo. Algumas tarefas do dia a dia podem gerar desgastes na musculatura e nas articulações do membros superiores. Musculatura fortalecida, portanto, é sinônimo de saúde, que evita problemas futuros para a mobilidade. Se você tem filhos, mais um motivo para treinar membros superiores: carregar o peso dos pequenos se tornará mais fácil e com menor risco de lesões.

4. Dá um “gás” para a corrida

Trabalhar força de membros superiores ajuda na estabilidade do tronco na hora da corrida e na manutenção da atividade. “Quando as pernas se cansam, braços, ombros e o tronco ajudam a continuar correndo”, explica Letícia Klimas, professora da academia Bio Ritmo.

Para fazer na academia

Quer colher todos os benefícios listados? A professora Natalia Bruzzone sugere alguns exercícios poderosos para o fortalecimento dos membros superiores. É sempre bom lembrar: antes de sair fazendo qualquer exercício por conta própria, é essencial conversar com um profissional de educação para que ele possa ministrar o treinamento certo para o seu objetivo.

Supino máquina – Para trabalhar a região da musculatura de peitoral. Sentada, mantenha os pés apoiados no solo, segure nos pegadores deixando o punho reto. Basta então realizar a extensão e flexão dos cotovelos.

Foto: Fotolia/Alex Shevarev

Está chegando a Ayrton Senna Racing Day e você não pode ficar de fora. Inscreva-se aqui!

Remada fechada máquina – Trabalha a musculatura das costas. Sentada de frente para a máquina, segure os pegadores e traga-os até o cotovelo chegar na linha das costelas. Sempre mantenha o cotovelo próximo ao corpo. “Podemos adaptar o exercício para dentro de casa. Em um colchonete, deite-se com a barriga para baixo, apoie os joelhos no solo e empurre o tronco contra o chão, flexionando-o para cima e para baixo. É importante manter os braços abertos com o cotovelo na linha do ombro e formando ângulos de 90 graus”, explica a professora.

4 motivos para mulheres apostarem no treino de membros superiores
Foto: Fotolia/Arthur Hidden

Elevação lateral – Trabalha a musculatura dos ombros. Neste caso, em pé segure dois halteres, um em cada mão. Mantendo os cotovelos semi flexionados, eleve os braços até a linha dos ombros, simultaneamente.

+ Clique aqui e veja quando será sua próxima corrida de rua!

Tríceps testa – Trabalha a musculatura do “tchauzinho”. Deitada em um banco ou colchonete, segure o halter pelas extremidades do peso. Mantenha seus braços retos, com os cotovelos na mesma linha dos ombros e faça a flexão e extensão dos cotovelos, levando o peso em direção à testa e depois trazendo de volta para a posição inicial. “Em casa a pessoa pode optar por executar o exercício com a ajuda de uma cadeira, deixando os joelhos sempre flexionados”, comenta Natalia.

Rosca martelo – Trabalha a musculatura do bíceps. Em pé, com os braços relaxados para baixo, segure firmemente nas mãos os halteres. Levante os pesos realizando a flexão e a extensão dos cotovelos até formar com eles um ângulo de 90º.

Este texto foi escrito por: Amanda Preto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts