Você sabe fazer boas escolhas no restaurante “por quilo”?

Para quem quer emagrecer, o restaurante por quilo, ou mais conhecido ‘self service” é um perigo. Passar ileso pelas deliciosas frituras e encher o prato de salada não é fácil, mas nada é impossível. Quem trabalha fora e não tem tempo para cozinhar passa por isso todos dias e aí vem a seguinte pergunta: como ser saudável nesse tipo de restaurante?

A nutricionista Fernanda Grijó acredita que a reeducação alimentar é a resposta. “Quem está de dieta sofre mais, geralmente sentindo a tal tentação pela enorme variedade de empanados, massas e frituras. Tente escolher alimentos que tenham uma forma de preparo saudável, como carnes grelhadas, ou assadas, com pouca gordura e sem molho. Tome cuidado com verduras refogadas, pois às vezes são feitas em manteiga ou óleo e dê preferência para opções cruas e cozidas em água”.

Foto: Fotolia
Foto: Fotolia

Por onde começo?

“Primeiramente olhe o que o buffet oferece, assim você já planeja como montar o prato. Siga a ordem iniciando pela salada crua, legumes e seguindo para a proteína e último, o carboidrato”, orienta Fernanda.

Evite, sempre que possível, os empanados, fritura (a famosa batata frita), massas com molhos gordurosos, como o branco, gratinado de queijo, strogonoff e carne com molhos. Não deixe faltar salada, legumes e uma proteína, no mínimo.

+ Clique aqui e inscreva-se para Indomit Bombinhas!

“Passe longe dos molhos para salada, além de possuírem grande quantidade de gordura, também são elevados em sódio e alguns até açúcar. Aposte no combo: vinagre, fio de azeite e pitada de sal”, diz.

E sobremesa, pode?

Isso depende muito dos objetivos pessoais de cada um. “Uma vez por semana até pode. Se o restaurante tiver a opção entre gelatina e fruta, opte sempre pela fruta. Geralmente as gelatinas são ricas em açúcares e corantes, ou seja, nada acrescentam à saúde. Por isso é tão importante ter um acompanhamento com um profissional, ele te orientará a comer bem em qualquer lugar”, explica Fernanda.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Siga as dicas e não erre!

1. Analise todas as opções antes e monte a refeição mentalmente.

2. Comece sempre a montar seu prato pela salada crua, vale pôr tomate, palmito, cebola, couve-flor e brócolis. Além de saciar por mais tempo, são cheios de vitaminas e minerais e possuem poucas calorias.

3. Atenção para molhos prontos, eles geralmente possuem muito sódio e gordura ruim.

4. Divida seu prato para metade ser salada e legumes, ¼ de carboidrato (prefira os integrais, te deixará saciado por mais tempo) e ¼ para proteína (prefira as carnes magras e preparações que sejam grelhadas ou assadas, evite embutidos como a linguiça e carnes que tenham muito molho e gordura).

5. O consumo de bebidas durante refeições não é indicado durante a refeição, pois estes atrapalham as enzimas que fazem a digestão, mas se você não consegue ficar sem, prefira os sucos que possuem menos calorias, como o de limão, abacaxi, acerola, maracujá, melão e morango – e claro, consumir sem ou pouquíssimo açúcar. Mas se possível, dê preferência para frutas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts