Amadores e crianças correm Circuito Caixa sob calor

A garotada se divertiu com as atrações (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)
A garotada se divertiu com as atrações (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)

Confira a opinião de alguns amadores que participaram neste domingo da etapa paulista do Circuito de Corridas Caixa na Hípica de Santo Amaro e saiba um pouco mais sobre a competição infantil que foi realizada no sábado. Ambas foram marcadas por um forte calor.

São Paulo – O dia já amanheceu abafado e ausência de nuvens no céu propiciou o chamado céu de brigadeiro e deu espaço para o sol brilhar forte e quente. Dessa forma, antes da corrida os atletas procuravam se aquecer e se alongar próximo às árvores da Hípica. O tiro de partida foi dado em duas baterias, uma para a elite e corredores acima de 44 anos (8h50) e outra para participantes até 44 anos (9h30).

Todos largaram rumo a uma trilha existente dentro da Hípica e passaram pela região central, gramada e palco de algumas competições e demonstrações com cavalos. “Estou me sentindo praticamente um Manga Larga”, brincou um dos corredores ao se deparar com uma placa institucional na entrada do local que ressaltava a raça puro sangue.

Nem o calor e nem a poeira estragaram a festa de Ubirajara Sales, que aguardava o resultado ansiosamente para saber se havia conquistado um lugar no pódio em sua categoria. “Já é a terceira prova que corro aqui na Hípica, é uma corrida boa, mas a areia é muito fofa e a gente vem comendo poeira toda hora”.

Garotas – Vanice Gomes, logo depois de completar o percurso e ainda enxugando o suor, comenta que foi uma prova diferente das que está acostumada a participar, geralmente no asfalto das ruas. “Foi bem puxado, com trechos de areia fofa que exige muito, mas o visual é fantástico e com bastante sombra para refrescar. Vale a pena”.

Já a envergonhada Larissa Vilar, também aprovou o circuito, apesar de ter sentido um pouco de dificuldade com o terreno. “É bem diferente, estou encardida com a poeira, mas eu gostei. Nunca tinha corrido na hípica, mas aprovei o percurso”. Todos que completaram a prova receberam uma medalha de participação e os melhores por faixa etária levaram para casa uma medalha especial.

No sábado, véspera da prova principal, aconteceu no mesmo local a primeira edição do Circuito Caixa infantil, que reuniu cerca de 750 crianças entre quatro e 15 anos. Elas participaram em baterias que variavam entre 50 e 800 metros, divididos entre as faixas etárias.

Além da corrida, a garotada teve à disposição algodão doce, pipoca e puderam se divertir em atrações montadas no gramado central, como piscina de bolinhas, pintura artística, bexiga e cama elástica. A família Lopes Vanzetto esteve representada por Gabriela (10 anos) e pelos gêmeos Caio e Gabriel (cinco anos), que participaram após incentivo da tia maratonista. “Eles estavam eufóricos e contando os dias para correr”, ressalta o pai coruja.

Quem também gostou da experiência foi Pedro Petcov Neto, de seis anos, que teve um grande incentivo da mãe Gláucia e da avó Graça. “Essa é a segunda prova que ele participa e está adorando. Estou muito orgulhosa”, afirma a mãe. “Estou muito feliz e gostei muito. Quero correr mais vezes”, completa Pedro.

A próxima etapa do Circuito de Corridas da Caixa acontece no dia 11 de novembro na cidade paranaense de Curitiba e as inscrições poderão ser feitas pelo site oficial do evento, o www.circuitocaixa.com.br. Na ocasião serão disputados 10 quilômetros na Praça Nossa Senhora de Salete.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts