• Bem Estar - Como o amor próprio pode ajudar no processo de emagrecimento

Como o amor próprio pode ajudar no processo de emagrecimento

A coach explica o que você deve fazer para se amar mais e melhorar a visão que você tem de si mesmo

“Eu odeio meu corpo! Não gosto da imagem que vejo no espelho. Todas as vezes que saio para comprar roupas, é um sofrimento! Aqueles pneuzinhos que ficam sempre marcando me incomodam muito…”. Essas frases são típicas de quem está incomodado com o sobrepeso ou sofrendo com a obesidade. É muito normal descontarmos nossa insatisfação com o corpo nele mesmo e passar a odiá-lo.

Foto: kei907/Fotolia

Foto: kei907/Fotolia

Porém, é válido lembrar que se alimentarmos esse sentimento em relação a nós mesmos, podemos prejudicar o processo de emagrecimento. E você sabe por que? Primeiramente, porque podemos usar a má alimentação como uma espécie de punição de termos chegado ao ponto que nos deixamos chegar. E assim criamos um ciclo que envolve: insatisfação – punição – culpa – insatisfação – punição – culpa… Esse ciclo pode não ter fim! Devemos nos amar acima de tudo e entendermos que o corpo é fruto de uma história: consequência do que vivemos até então e da forma que nos tratamos.

Portanto, para mudarmos, é primordial que passemos a nos aceitar e amar quem somos e como estamos. Entender que tudo que passamos, passamos por uma causa e que fez sentido até o momento. Mas, por outro lado, devemos entender que se não estamos satisfeitos com a forma que estamos, devemos sim mudar essa história a partir de já! E entendermos que essa mudança só depende de nós!

Participe do Amazing Run Garopaba! Clique aqui e inscreva-se

Sendo assim, emagreça porque você se ama! Trate-se melhor a cada momento da sua vida, faça escolhas saudáveis, coma alimentos leves, nutra sentimentos positivos e tenha relações que agreguem. Faça exercícios físicos não só porque você quer ver uma imagem melhor no espelho, mas sim porque você quer melhorar a sua auto estima, ter mais disposição e vitalidade. Tenha uma melhor saúde para poder acompanhar seus filhos, ser um bom exemplo e vê-los crescerem e realizar seus sonhos. Entenda que seu corpo é uma máquina, por que você a abasteceria com um combustível ruim? Perceba que você não precisa de alimentos que te façam mal para ser feliz, e muito menos para ter prazer!

Não faça dietas, não se restrinja, não sofra! Encontre uma estratégia com a qual você se identifique. Compreenda que o emagrecimento é um processo, e é consequência do que você traz para a sua vida: desde fazer o que gosta até comer o que te faça bem. Encontre um equilíbrio. E descubra que você se basta, você é capaz e dentro de você está tudo que precisa para ser feliz – inclusive emagrecer, se for o caso!

Essa matéria foi escrita pela psicóloga e coach de emagrecimento Elaine Lopes

Comentários

Tags:, ,
Elaine Lopes
Psicóloga graduada pela Universidade Católica de Santos e especialista em Transtornos Alimentares e Obesidade, formada pela FMUSP em parceria com o Hospital das Clínicas. Possui formação em Master Practitioner em PNL e Coaching Sistêmico. Além do atendimento clínico, atualmente é sócia-proprietária e responsável pela divisão de saúde e bem-estar da Soar Desenvolvimento Humano. Idealizadora do projeto Emagreça de Dentro Para Fora, criadora da metodologia de emagrecimento que leva o mesmo nome, e que a fez emagrecer 28 quilos. Ministra o curso Viva Leve! Reprograme sua mente e emagreça e o curso online Pense Leve.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade

{{infoclima.data}}

{{infoclima.cidade}}

{{infoclima.temperatura}}


  • {{dias.date}}
    {{dias.high}}
    {{dias.low}}
Outras cidades
Selecione sua cidade
  • {{e.name}}