Atletas brasileiros conquistam bons resultados na Califórnia

Atletas brasileiros conquistam bons resultados na Califórnia
Foto: Divulgação CBAt

Os atletas brasileiros tiveram mais uma oportunidade importante de competir participando do Camping Internacional de Treinamento e Competição no Chula Vista Elite Athlete Training Center, no condado de San Diego, Estados Unidos, disputaram o Franson Classic Track & Field, na Azusa Pacific Universtity, também na Califórnia, no último sábado (10/4).

Paulo André Camilo de Oliveira (Pinheiros) obteve a segunda vitória neste período de treinamento. Ele completou os 100 m, com a excelente marca de 10.07 (2.0), melhorando seu resultado do ano, que era de 10.10, obtido no dia 3 de abril, em Chula Vista. Qualificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio, Paulo André ficou perto de seu recorde pessoal: 10.02.

O pódio dos 100 m foi totalmente brasileiro. Felipe Bardi (SESI-SP) ficou em segundo lugar, com 10.19, seguido de Rodrigo Nascimento (Projeto Atletismo Maranhão), com 10.31.

Na prova feminina, Rosangela Santos (Pinheiros) foi a campeã, com 11.36, tempo alcançado com a ajuda do vento de 2.4, acima do permitido. Destinee Brown (USA) ficou com a segunda colocação, à frente de Bruna Farias (Pinheiros), com 11.60.

+ Siga o Webrun no Instagram!

Outro bom resultado do dia foi alcançado por Tiffany Marinho (Orcampi) nos 400 m. Ela venceu a prova com 51.88, o melhor resultado do Brasil desde 2019. Faltou pouco para conseguir o índice olímpico de 51.35. Tabata Carvalho (AA Maringá) e Cristiane Silva (UCA) terminaram em segundo (53.79) e terceiro lugares (55.21), respectivamente.

Gabriel Constantino (Pinheiros) também obteve a sua segunda vitória nos Estados Unidos nos 110 m com barreiras. Depois da prova de Chula Vista, que venceu com 13.78 (0.9), desta vez completou a distância em 13.96 (1.5). Qualificado para Tóquio, ele ainda foi segundo colocado nos 200 m, com 21.02 (1.4). O vencedor da prova foi o carioca Derick Souza (Pinheiros), com 20.71.

Anderson Henriques (AABLU) venceu os 400 m, com 46.03, seguido de Alexander Russo (Orcampi), com 46.70.

Nos 400 m com barreiras, Alison Santos (Pinheiros), também com vaga assegurada na Olimpíada, ganhou o ouro, com 49.56. Em Chula Vista, ele havia vencido os 400 m, com 45.78.

E, nos 200 m, Ana Carolina Azevedo (Projeto Atletismo Maranhão) ficou com a medalha de prata, com 23.12 (2.2). Ela foi superada pela norte-americana Jaide Stepter Baynes (22.97).

Os brasileiros treinam no Chula Vista Elite Athlete Training Center dentro do Programa de Preparação Olímpica (PPO), numa parceria entre a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e o Comitê Olímpico do Brasil (COB) para os Jogos de Tóquio, que têm a cerimônia de abertura marcada para o dia 23 de julho.

+ Confira aqui o seu calendário completo de corridas de rua e não perca nenhuma!
+ Participe de uma corrida virtual!

Os atletas dos 100 m e dos 400 m masculino e feminino se preparam também para o Campeonato Mundial de Revezamentos da Silesia, na Polônia, marcado para os dias 1 e 2 de maio. O 4×100 m masculino vai defender o título de campeão obtido em 2019, em Yokohama, no Japão. O 4×400 m misto, assim como o 4×100 m masculino, está qualificado para Tóquio. Já o 4×100 m feminino busca a classificação na Polônia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts