Atletas encaram frio no Circuito das Estações

Para Raquel  as ladeiras são boas para treinar (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)
Para Raquel as ladeiras são boas para treinar (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)

A etapa de inverno do Circuito das Estações aconteceu na manhã desse domingo (13) em São Paulo e teve vitória de Rafael Santos entre os homens e Elisabeth Esteves entre as mulheres. Grande parte dos competidores participou por lazer e teve que encarar um frio de 14ºC e sensação térmica mais baixa, devido ao vento gelado que soprava na Praça Charles Miller, local da largada.

São Paulo – O frio não foi empecilho para Gabriela Pinheiro, pelo contrário, segundo a atleta essa condição climática a deixa mais empolgada para correr. “A gente tem mais pique, o corpo ajuda mais. Estou me recuperando de um problema no joelho, então fiz um tempo um pouco acima do que costumo fazer”.

A corredora de 25 anos participou da etapa de outono do Circuito e pretende correr as outras duas que restam esse ano, para completar a mandala. “Essa prova tem um nível de dificuldade médio, pois não tem as subidas da São Silvestre, por exemplo. Eu sinto mais dificuldade nas subidas e aqui nessa prova foram mais tranqüilas”.

Quem também não correu na plenitude da forma foi Marcel Moro, que não conseguiu se preparar muito bem para a disputa e finalizou os 10 quilômetros um pouco mais lento do que está acostumado. “Foi um pouco mais cansativa, mas a prova em geral é tranqüila, pretendo me preparar melhor para as próximas etapas”. Sobre o clima frio da largada, o atleta de Jundiaí tem a mesma opinião de Gabriela. “Prefiro correr no frio, ajuda na performance”.

Já Raquel Marcon, que participou da etapa de verão ano passado, diz que o frio foi complicado, mas serviu para melhorar o tempo final em sete minutos. “Estava muito frio, mas aqueci bem antes de começar e foi tranqüilo. Eu gosto desse trajeto, pois as ladeiras são uma dificuldade a mais e ajudam no treinamento”.

O evento contou com a participação de aproximadamente cinco mil pessoas, que largaram e chegaram em frente ao Estádio do Pacembú, na zona oeste de São Paulo. Depois de cruzar a linha de chegada, eles receberam frutas, isotônico e uma medalha alusiva ao evento, que ao ser juntada com as das outras etapas formará uma mandala. A próxima prova do Circuito em São Paulo será no dia 26 de setembro, com a etapa de primavera.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts