Christina Volpe

Depois de 10 anos Brasil Wild está de volta para mais uma edição emocionante

Uma notícia movimentou os apaixonados por corrida de aventura de todo o Brasil,  a icônica Brasil Wild volta em 2019 para mais uma edição. Depois de 10 anos em stand by, após sua última edição no Jalapão, o evento vem redefinido e retoma a modalidade no cenário não só brasileiro, mas também mundial.

Quer mais informações sobre a prova? Confira aqui e inscreva-se!

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Rafael Correa, produtor geral do evento, explica porque o local escolhido para é a Serra da Canastra. “Temos outros projetos que acontecem aqui e também vivemos uma grande parte do tempo na região, assim é mais fácil montar um desafio para os atletas. É uma ótima oportunidade para viabilizar uma experiência única para o competidor”.

O evento está marcado para os dias 12 e 13 de outubro e os competidores terão que dar seu melhor em diversas modalidades, como trekking, mountain bike, canoagem, técnicas verticais e orientação, além disso,  deverão escolher entre duas categorias, PRÓ que tem aproximadamente 150k e SPORT, de 50k.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Para Rafael o percurso mais desafiador é do MTB. “Independente das outras modalidades, a Canastra é conhecida como um ótimo lugar para o mountain bike. As trilhas são variadas, de estradão até as mais técnicas possíveis. Considero o ponto alto da prova, sem desconsiderar as outras”.

João Belini, diretor da prova, conta que a principal mudança é a nova categoria de 50k. “Vamos manter as raízes da Brasil Wild, com uma logística simples para entregar um evento que tenha qualidade”. A ideia dos organizadores é reativar a turma que era apaixonada pelo esporte. “Queremos resgastar os ‘dinossauros’ da prova de aventura e incentivar novos, afinal muita gente não conhece a modalidade que tem estrutura para levar grandes multidões, afinal são provas dinâmicas, com formato expedicionário”.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Dica para o atleta
“Acredito que o principal da prova é ter noção de orientação por navegação em bússola, é algo essencial. Indico cursos e buscar informações para quem não souber. A Brasil Wild organizará duas clínicas até outubro, focadas no tema. Então em breve teremos novidades”, diz João.

Se você se interessou no evento, clique aqui e veja mais informações de como participar.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Comentários

Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.