Gabriel Gameiro

Cada mês possui sua fruta, legume e verdura específica. Saiba quais são ao longo do ano

O teor de vitaminas e minerais é claramente superior nos alimentos que amadurecem naturalmente. Por serem produzidos em maior quantidade, os alimentos da época são também mais econômicos. Com a tecnologia atual utilizada na produção de alimentos, temos suas variedades o ano todo, independente da safra. Porém, como descrito acima, o teor nutricional dos alimentos sazonais são mais elevados. Cada mês trás consigo uma inúmera quantidade de alimentos coloridos e cada tonalidade possui características nutricionais especificas. A nutricionista Julianna Martins, da Estima Nutrição, relaciona as cores e características com os meses do ano: 

Janeiro e Fevereiro: vermelho (tomate, melancia, cereja)

Alimentos com essa coloração são ricos em licopeno. O nutriente vem sendo muito estudado e apontado como um poderoso antioxidante, eficaz contra o aparecimento de câncer de próstata. Eles ajudam ainda na produção de neurônios e desempenho cerebral, ainda são fontes de  ácido elágico e antocianina, estes ajudam na saúde no coração, memória e sistema urinário, reduzindo desta forma os riscos de câncer. São ótimas fontes de carotenoides, precursores de vitamina A.

Foto: Pixabay

Tem efeito antioxidante Foto: Pixabay

Janeiro

Frutas: abacate, abacaxi, acerola, ameixa, amêndoa, amora, avelã, banana, caju, castanha, cereja, coco, damasco. Além do figo, framboesa, goiaba, graviola, kiwi, laranja, lichia, limão, maça, manga, maracujá, melancia, melão, nectarina, nozes, pêssego, romã, tâmara e uva.

Hortaliças/verduras/legumes: abóbora, abobrinha, alface, berinjela, beterraba, cenoura, cogumelo, jiló, maxixe, pepino, pimenta, pimentão, quiabo, salsa e tomate.

Fevereiro

Frutas: Abacate, abiu, acerola, ameixa, banana, carambola, figo, framboesa, goiaba, jaca, kiwi, laranja, limão, maça, mamão, manga, melancia, nectarina, pêra, pêssego, pinha, pitaia, sapoti, seriguela, tangerina e uva.

Hortaliças/verduras: acelga, alface, chicória, escarola, espinafre e salsa.

Legumes: Berinjela, abóbora, pimentão, beterraba, maxixe, quiabo, pepino e jiló.

Março e Abril: verde (alface, kiwi, rúcula, pepino)

Alimentos que possuem essa coloração são fonte de vitamina A, clorofila e ricos em vitamina k, substâncias que auxiliam na ação antibacteriana e cicatrizante. Por possuírem luteína e zeaxantina, ajudam a retardar o processo de envelhecimento precoce e reduzir o risco de degeneração macular, doença prevalente na causa de cegueira. Ainda são fontes de luteína (pigmento amarelo alaranjado) e imidazol. Essas substâncias auxiliam na redução da incidência de câncer, melhoram a visão e fortalecem ossos e dentes.

Foto: Pixabay

O pepino faz muito bem para a visão de quem o ingere com frequência Foto: Pixabay

Abril

Frutas: Abacate, abiu, ameixa, banana, caqui, figo, graviola, kiwi, laranja, maçã, mamão, mangostão, pera, tangerina e uva.

Hortaliças/verduras: salsa ,acelga, chicória, nabo, repolho e rúcula.

Legumes: abóbora, batata doce, berinjela, cará, chuchu, jiló, mandioca, pepino e tomate

Março

Frutas: abacate, abacaxi, abiu, acerola, ameixa, banana, caqui, carambola, cidra, figo, goiaba, kiwi, laranja, limão, maçã, mamão, nectarina, pera, pêssego, tamarindo, tangerina e uva.

Hortaliças/verduras: acelga, alface, almeirão, catalonha, chicória, erva-doce, escarola, espinafre, louro, mostarda, nabo, orégano, repolho, rúcula e salsa

Legumes: abóbora, abobrinha, batata doce, berinjela, beterraba, pepino e pimenta

Maio e Junho: laranja (laranja, mamão, cenoura)

Ricos em alfa caroteno (considerado um verdadeiro combatente na formação de tumores e cânceres, além de serem mais eficazes que o betacaroteno, agindo também na paralisação do ciclo de multiplicação celular), curcumina, beta-criptoxantina, hesperidinas, naringenina. Essas substâncias têm efeito anti-inflamatório, antialérgico, antiviral e antioxidante. Combatem os radicais livres e ajudam a desintoxicar o organismo. Eles ainda atuam na proteção de doenças cardiovasculares e hepáticas. Esses alimentos vem acompanhados de grandes quantidades de fibras, por isso ajudam no processo do emagrecimento. São fontes de vitamina A, C, complexo B, zinco e fósforo.

Foto: Pixabay

O mamão tem efeito anti-inflamatório no organismo Foto: Pixabay

Junho

Frutas: Abacate, atemóia, banana, carambola, cupuaçu, kiwi, laranja, maçã, maracujá, mexerica, morango e tangerina.

Hortaliças/verduras: cenoura,Agrião, brócolis, espinafre, louro, milho verde, rabanete e salsa.

Legumes: abóbora, batata doce, chuchu, ervilha, gengibre, inhame e mandioca.

Maio

Frutas: Abacate, abacaxi, abiu, acerola, atemóia, banana, caqui, carambola, graviola, kiwi, laranja, maçã, mamão, mangostão, pêra, tangerina, uva.

Hortaliças/verduras:  Agrião, chicória, espinafre, mostarda, nabo, rabanete, repolho e salsa.

Legumes: Abóbora, abobrinha, batata doce, cará, chuchu, ervilha, inhame, jiló, mandioca e mandioquinha.

 Participe do Carna Run SP. Clique aqui e inscreva-se!

Julho e agosto: branco (Couve flor,batatas, bananas)

Alimentos ricos em antoxantina possuem efeito anti-inflamatório, antialérgico e antibióticas no organismo. Sua ação se dá através do bloqueio da histamina. Ricos em microminerais como ferro, zinco, magnésio atuam não somente na prevenção a doenças crônicas, como também na melhora do quadro imune. Ainda são apontados como poderosos diuréticos naturais

Foto: Pixabay

Ótima para quem precisa aumentar a quantidade de minerais no corpo Foto: Pixabay

Agosto

Frutas:  caju, carambola, kiwi, laranja-pera, lima, mexerica, morango e tangerina. Terminando a safra ainda temos as doces banana-nanica, maçã e mamão.

Hortaliças/verduras: agrião, alho-poró, brócolis, chicória, coentro, couve, couve-flor, erva-doce, escarola, espinafre, mostarda e rúcula.

Legumes: Abóbora, abobrinha, cará, cenoura, ervilha, fava, inhame,mandioca, mandioquinha, nabo, pimentão e rabanete.

Julho

Frutas: carambola, kiwi, laranja-lima, abacate, morango, maracujá, mexerica e tangerina.

Hortaliças/verduras: couve, agrião, brócolis, couve-flor, erva-doce, hortelã, louro e mostarda.

Legumes: cenoura, abóbora, batata-doce, cará, cogumelo, ervilha, inhame, mandioca, mandioquinha, milho-verde, nabo, pepino e rabanete.

Setembro e Outubro: roxo (uva, jabuticaba, berinjela, beterraba)

Alimentos fonte principalmente de ácido elágico, quercetina, indol e antocianinas. Esses são conhecidos pela sua propriedade de modular expressão gênica, neutralizando substâncias que podem interferir no nosso DNA. São ricos em antioxidantes e por isso combatem a formação de radicais livres (responsáveis pelo envelhecimento). As antocianinas também são muito importantes para o bom funcionamento cerebral.

Foto: Pixabay

A beterraba é uma excelente fonte de ferro para nosso organismo Foto: Pixabay

Outubro

Frutas: Abacate, acerola, banana, laranja, maça, mamão, manga, maracujá, nectarina, nêspera, nozes, pêssego, tangerina, uva.

Hortaliças/verduras: agrião, almeirão, brócolis, catalonha, couve-bruxelas e a couve-flor. Também tem erva-doce, espinafre, gobo, louro, manjericão, moyashi, mostarda, nabo, rabanete e rúcula.

Legumes: abóbora, abobrinha, alcachofra, beterraba, cará, chuchu, ervilha, inhame, maxixe, pepino, tomate.

Setembro

Frutas: abacate, banana, jabuticaba, laranja, maçã, mamão, manga, mexerica, morango, nêspera, sapoti, tamarindo, tangerina e uva. Além delas também temos em setembro: abiu, acerola, avelã, caju, graviola, maracujá e melancia.

Hortaliças/verduras: Agrião, almeirão, aspargos, brócolis, catalonha, coentro, couve, espinafre, hortelã, mostarda e rabanete.

Legumes: abóbora, abobrinha, alcachofra, batata doce, berinjela, beterraba, cará, chuchu, ervilha, fava, inhame, jiló, mandioca, mandioquinha, maxixe, pepino, tomate e vagem.

Dezembro e novembro: marrom (castanhas, amêndoas, avelã)

Esses alimentos possuem boa quantidade de fibras. Ricos e antioxidantes, vitaminas do complexo B e minerais como selênio e zinco aliados da saúde intestinal, esses nutrientes colaboram para o combate de doenças crônicas não transmissíveis, ansiedade, depressão e ajudam na concentração e memória. O zinco ajuda a modular a imunidade enquanto o magnésio atua no sistema nervoso e formação de massa óssea e muscular. Esses alimentos ainda apresentam elevado teor de cálcio,cobre e ferro.

Foto: Pixabay

São uma ótima fonte de fibras Foto: Pixabay

Dezembro

Frutas: abacaxi, acerola, ameixa, amêndoa, amora, avelã, castanha, cereja, coco, damasco, figo, framboesa, goiaba, graviola, kiwi, laranja, lichia, limão, maça, manga, maracujá, melancia, nozes, pêssego, romã, tâmara e uva.

Hortaliças/verduras: alho, aspargos, brócolis, cebolinha, coentro, couve, endívias, erva-doce, gobo, hortelã, manjericão, mostarda, nabo, palmito, rabanete, rúcula, salsa e salsão.

Legumes: berinjela, cenoura, cogumelo, feijão, maxixe pepino, pimentão, tomate e vagem.

Novembro

Frutas: abacate, abacaxi, acerola, amêndoa, amora, avelã, banana, castanha, coco, graviola, jaca, laranja, maçã, mamão, manga, melão, nozes, sapoti, uva.

Hortaliças/verduras: almeirão, aspargos, brócolis, coentro, couve, erva-doce, espinafre, hortelã, manjericão, mostarda, nabo, palmito e rabanete.

Legumes: abobrinha, berinjela, beterraba, chuchu, maxixe, pepino e do tomate.

Comentários

Gabriel Gameiro
Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.