Leonardo Boscolo

Alimentação no dia da prova noturna: veja o que pode e o que não pode

Corridas que acontecem de noite são provas diferentes que vêm ganhando cada vez mais espaço no cenário nacional de corridas de rua. O clima de descontração, músicas e até serem consideradas um programa de casal por alguns não devem colocar de lado os cuidados com a alimentação no dia da prova noturna.

Para isso, Nathália Prado, nutricionista da marca Monama, aconselha que a preparação nutritiva para a prova deve acontecer antes. “No dia da prova, o atleta deve priorizar os alimentos compostos por carboidratos de médio e baixo índice glicêmico, principalmente no café da manhã e no almoço”, explica.

Alguns alimentos que representam essa classe são a batata doce, banana, aveia, feijão, iogurte etc. Esse tipo de carboidrato evita oscilações na concentração de insulina e consequentemente uma queda na glicemia sanguínea durante a corrida.

+ A Night Nation Run SP vem aí! Garanta a sua inscrição aqui.

No dia, procure escolher carboidratos de rápida digestão como: macarrão com molho de tomate, frutas (sem sementes ou cascas) e pão. O carboidrato também pode estar na bebida como, por exemplo, o suco de laranja.

Alimentação no dia da prova noturna

Quanto tempo antes da corrida devo comer?

“Levando em consideração uma prova que comece às 19h, segundo alguns estudos científicos, a pessoa deve fazer a última refeição imediatamente antes do início da prova. Isso porque o carboidrato ingerido aumentam a performance em atividades em torno de 1h de duração”, explica Nathália.

Um exemplo de refeição que pode ser feita antes da prova é uma banana, pão branco e suco de laranja. Vale lembrar que uma hora antes da prova é aconselhado beber água (de 200 a 500ml), além de manter a hidratação também durante a corrida.

+ Melhore seu desempenho e garanta a sua próxima corrida

O que evitar?

O melhor é evitar os carboidratos ricos em fibras, por exemplo, cereais integrais, barra de cereais e frutas com semente e cascas. Isso porque as fibras ajudam a regular o intestino, e ninguém quer se ver no meio da corrida com vontade de ir ao banheiro. Além disso, o consumo de comidas muito gordurosas e a ingestão de álcool podem afetar diretamente o desempenho do corredor durante a prova.

Alimentação no dia da prova noturna: veja o que pode e o que não pode - Foto: Unsplash/Marco Guerrero

Alimentação no dia da prova noturna: veja o que pode e o que não pode – Foto: Unsplash/Marco Guerrero

Comentários

Leonardo Boscolo
Apaixonado por esportes e jornalista, vejo na corrida um mundo de realizações pessoais e oportunidades.