Disney Marathon Weekend: dicas de 3 campeões

As provas da Disney Marathon Weekend começam oficialmente nesta quinta, 10 de janeiro, e terminam do domingo, dia 13, com uma programação recheada de eventos.

Para quem está em Orlando já nos últimos preparativos para encarar as provas, reunimos aqui 3 supercampeões da Maratona da Disney, que conhecem muito bem a prova e dão dicas especiais que podem ajudá-lo no seu desafio.

ADRIANO BASTOS
É o maior campeão da Disney, com 8 vitórias (2003, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2013). Este ano ele retorna à prova para curtir e participar pela primeira vez do Desafio do Dunga.

Foto: Fernanda Paradizo

Foto: Fernanda Paradizo

Como você terá que acordar muito cedo no dia da prova, jante por volta das 20h e vá dormir às 21h ou no máximo às 22h. O ideal é acordar às 3h00, para tomar o café da manhã com calma e dar tempo de pegar o transporte (ônibus) que o levará para a largada. Todos os hotéis do Complexo Disney possuem uma praça de alimentação, que abrem na madrugada da prova, mas o melhor é já ter sua comida no quarto para ganhar tempo.

Mesmo em se tratando de uma maratona ou meia (principalmente para aqueles que correm para tempo), faça um aquecimento trotando uns 15 minutos e se posicione na largada uns 5 minutos antes. Siga no ritmo para o qual treinou e não se empolgue com os demais corredores ou com os momentos em que encontrar grande público no percurso.

A largada acontece no escuro – a partir das 5h30 dependendo da onda – e o sol começa a nascer somente às 7h. A partir desse momento, a claridade se torna intensa devido ao céu aberto e frio. O uso de óculos escuro, além de minimizar a claridade, protegerá os olhos contra o vento gelado.

Tanto a maratona quanto a meia maratona da Disney Marathon Weekend percorrem as largas avenidas e rodovias internas do Complexo Disney. O percurso é razoavelmente plano, com algumas pequenas subidas de pontes, viadutos, túneis e alças de acesso. Como as avenidas e rodovias são bem largas, procure sempre tangenciar bem as curvas para o lado certo (estar sempre do lado para o qual a curva está levando) para não acabar correndo vários metros a mais ao final da prova. E prepare-se: as passagens por dentro dos parques serão o ápice do percurso.

FREDISON COSTA
Ele já venceu a Maratona da Disney 6 vezes (2011, 2012, 2014, 2015, 2016 e 2017) e este ano retorna para tentar mais um título.

Foto: Fernanda Paradizo

Foto: Fernanda Paradizo

Principalmente para quem vai correr a maratona, procure controlar a ansiedade e a euforia logo no início da prova. Economize energia na largada, iniciando um pouco mais devagar. Controle o ritmo pelo menos até a primeira meia maratona. Deixe para colocar mais força, gás e raça nos últimos 21 km.

São vários os momentos difíceis na prova. Talvez o mais crítico na maratona é quando você deixa o Animal Kingdom e pega um trecho de rodovia, já próximo das 20 milhas. Você pode se sentir sozinho nesse momento. É hora de lembrar dos treinos que fez e de quanto se sacrificou para estar ali. Concentre-se em coisas positivas. Depois desse trecho, você entrará dentro do ESPN e a energia do lugar fará com que se sinta melhor. Você passará pela pista de atletismo e depois entrará no campo de beisebol, onde haverá um telão, música e muita gente para incentivá-lo.

Quando sair do ESPN, pegará mais um trecho de rodovia e correrá aproximadamente mais uns 3 km antes de entrar em mais um parque, o Universal Studios. É o momento crucial da maratona, quando você pode começa a sentir algumas dores musculares. Sua cabeça vai querer sabotá-lo quando chegar perto dos 35 km e nesse momento você precisa ser forte, ter paciência e negociar com suas pernas. Tenha paciência. Canalize a energia na sua respiração e técnica. Olhe para a frente e mentalize a chegada.

GIOVANNA MARTINS
Ela é tricampeã da prova (2015, 2017 e 2018) e estará em Orlando este ano para defender o título conquistado no ano passado.

Foto: Fernanda Paradizo

Foto: Fernanda Paradizo

Uma das maiores dificuldades na Disney é o fator frio. Por isso, é importante o corredor ir para a largada prevenido. Uma sugestão é ir com um agasalho de moletom, um minhocão por baixo e uma capa de chuva. É possível comprar tudo bem baratinho no Walmart. Cerca de 5 minutos antes da largada, depois que terminar o hino americano, tire tudo e deixe por lá mesmo, que os organizadores se encarregam de doar para quem precisa. A largada é no escuro. No início, tenha muito cuidado onde pisa.

Para minimizar os efeitos do frio, vai aqui uma dica especial aprendida com a triatleta olímpica Carla Moreno, que já correu várias vezes a Disney: compre uma pomada de cânfora e passe no pescoço, punho, posterior da coxa e lombar. Ela vai dar uma “geladinha” de início, mas depois começa a aquecer. Daí é só jogar o moletom e capa de chuva por cima e você conseguirá se manter aquecido antes de largar.

Faça os passeios mais leves nos dias anteriores à sua prova e deixe os parques para depois da sua corrida, quando não há mais preocupação em dormir cedo ou se alimentar adequadamente e você pode andar à vontade. Se você andar muito antes da prova, suas pernas vão inchar e isso pode prejudicar sua performance. Depois que a prova ou sua sequência de provas (no caso de quem vai correr os Desafios da Disney Marathon Weekend) chegar ao fim, aí sim aproveite e divirta-se à vontade.

Comentários

Conexão Corrida
Fernanda Paradizo é jornalista e fotógrafa esportiva.Viaja pelo mundo para cobrir provas internacionais e é corredora desde 1993, com 9 maratonas completadas. Seu trabalho já rendeu várias reportagens de capa em revistas, muitas coberturas especias de corrida, triathlon e atletismo e até fotos expostas no Museu da Cidade de Nova York. Aqui, no Conexão Corrida, ela vai escrever sobre maratonas e corridas ao redor do mundo, compartilhar suas experiências de viagem e dar dicas para quem adora viajar para correr. Instagram: @fparadizo

Posts do Autor

Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade