Brasileiros superam expectativas nos Jogos Paralímpicos de Londres

Tito Sena venceu a Maratona na categoria T46 nos Jogos Paralímpicos de Londres (foto: Logoc/london2012.com)
Tito Sena venceu a Maratona na categoria T46 nos Jogos Paralímpicos de Londres (foto: Logoc/london2012.com)

A participação brasileira nos Jogos Paralímpicos de Londres este ano superou as expectativas. Nos dez dias de competições, os atletas do Brasil subiram ao pódio 43 vezes, com 21 medalhas de ouro, 14 de prata e oito de bronze. O resultado garantiu para o País o sétimo lugar no quadro geral de medalhas.

Na disputa mais nobre do atletismo olímpico, os 100 metros rasos, na categoria T11 (perda total da visão), o pódio foi 100% brasileiro. As velocistas Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Jhulia Santos completaram o pódio na final, na última quarta-feira (05/09). Terezinha ainda marcou recorde mundial na prova, com 12seg01.

O atletismo foi, inclusive, a modalidade em que os brasileiros mais brilharam. Ao todo foram conquistadas 18 medalhas: sete de ouro, oito de prata e três de bronze.

Na disputa dos 200 metros T44 (para amputados), o atleta Alan Fonteles Cardoso venceu a prova sobre o principal adversário, o sul-africano Oscar Pistorius, que já havia competido nas Olimpíadas de 2012.

O fundista Tito Sena foi o primeiro a chegar depois dos 42 quilômetros da Maratona, que aconteceu na manhã do último domingo (09/09) pelas ruas de Londres. O atleta competiu na categoria T46 (amputados) e fez seu melhor tempo, com 2h30min40.

Mesmo aqueles que não conseguiram um lugar no pódio, muitos fizeram boas provas e conseguiram marcar recordes pessoais. Esse é o caso do estreante nos Jogos Flávio Reitz, que além de fazer a quinta melhor marca no Salto em Altura F42 das Paralímpiadas, garantiu seu melhor salto, com 1,65 metros.

Entre as outras medalhas conquistadas nos últimos dias na capital britânica estão os nove ouros na natação, que teve ao todo 14 medalhas. Em terceiro lugar da participação brasileira está a bocha, que levou três ouros e um bronze.

Nos Jogos Paralímpicos de Pequim em 2008, o Brasil levou 47 medalhas ao todo, com 16 ouros. Embora o País tenha levado menos medalhas no total este ano, o balanço é positivo, já que o número de vitórias (medalhas de ouro) aumentou para 21 e a posição geral passou do nono lugar, em 2008, para o sétimo, em 2012.

Este texto foi escrito por: Fabiana Coletta

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts