Brasileiros vêm com força para a Maratona de SP

Estrangeiros terão que enfrentar a tropa verde e amarela (foto: Donata Lustosa/ Webrun)
Estrangeiros terão que enfrentar a tropa verde e amarela (foto: Donata Lustosa/ Webrun)

Os atletas brasileiros pretendem manter a hegemonia e prometem não dar chances aos estrangeiros na 12ª edição da Maratona Internacional de São Paulo, que será disputada no próximo domingo (4).

José Telles (campeão em 2005), Franck Caldeira (campeão em 2004) e Genílson Junio da Silva (campeão de 2003) são os favoritos, além de Geovane Jesus dos Santos, Rômulo Wagner da Silva, Sidni Oliveira Rocha e Valdenor Pereira dos Santos, que correm por fora em busca do título.

No feminino a tricampeã Márcia Narloch é o grande nome da prova, seguida pelas duas Marizetes. Marizete de Paula Rezende (campeã de 2001) e Marizete Moreira dos Santos, vice em 2004. Ilaine Wandscheer também está no páreo, após vencer a prova dos 5k da Corrida Bowerman Nike, no último domingo (28).

“Meu treinamento foi excelente. Acho que estou na melhor forma de minha carreira”, afirmou José Telles. Já Márcia Narloch, livre das contusões que a atrapalharam ano passado, também se diz preparada: “É um alívio fazer todos os treinos com saúde. A maratona é uma prova especial, por ser longa, mas é sempre bom estar confiante.”

O “coelho” da prova de 2004, venceu com apenas 21 anos e promete entrar na briga esse ano. “Fui contratado para puxar o ritmo e quando percebi estava tão bem que acabei ganhando. Agora não. Fiz uma preparação especial em Campos do Jordão”.

Sirlene Pinho, que vinha fazendo uma preparação especial para a prova e venceu diversas competições durante o ano, sofreu uma contusão e será um dos desfalques para a Maratona.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts