Brasiliense se batiza durante o Troféu Brasil de Triatlhon

Paula começou a treinar quando tinha 40 anos (foto: Monique Barleben/ www.webrun.com.br)
Paula começou a treinar quando tinha 40 anos (foto: Monique Barleben/ www.webrun.com.br)

A brasiliense Paula Americana, de 45 anos, se batizou nas águas santistas no domingo (20/03), durante o 21º Troféu Brasil de Triatlhon. A estreia de Paula na modalidade foi surpreendente, já que a experiência dela em natação se resumia a piscina e, a idade da triatleta, poderia ser considerada um obstáculo para muitos.

“É um desafio bem grande o mar, mas com a estrutura da prova, não tive medo. Fui acompanhada e senti muita segurança. Graças a Deus finalizei todo o trajeto”, conta Paula, que começou a treinar cinco anos atrás, apoiada pelos filhos e amigos. Durante o evento, embora a amadora desejasse a presença do sol, o clima não a prejudicou. “A gente precisa estar preparada para tudo, mas o clima aqui é até mais fácil para competir. Comparando com Brasília, respirei bem melhor”, garante a amadora.

Após participar desta primeira etapa do Troféu Brasil 2011, a estreante conta que também estará nas próximas etapas ao longo deste ano. Outro amador que já confirmou presença nas demais disputas da temporada foi Dimas Marchi, de 38 anos. “A temperatura estava bem amena nesta etapa, deu para desenvolver bem e espero ter um bom resultado nas próximas vezes, fazer o circuito completo”, conta Dimas, de Bragança Paulista, que deve estrear no Ironmam, em maio.

Já o paulista Andre Rapoport, aos 42 anos, revela gostar bastante do percurso, que é mais plano, e descreve como foi sua prova. “Consegui nadar muito bem e, apesar do dia chuvoso, com vento, o mar não estava tão agitado. Valeu a pena participar”, diz André.

Este texto foi escrito por: Monique Barleben

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts