Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo de Menores

Pódio da Marcha Atlética (foto: Harry Thomas Jr  Arquivo WebRun)
Pódio da Marcha Atlética (foto: Harry Thomas Jr Arquivo WebRun)

O sol não apareceu na manhã deste domingo (13), último dia do 26° Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo de Menores, competição para atletas com até 17 anos, está sendo realizado na nova pista da UNESP, em Presidente Prudente (SP). Com a temperatura pouco superior a 25 graus, vários atletas conseguiram bons resultados.

No lançamento do dardo, o paranaense Júlio César Miranda de Oliveira (BM&F Atletismo/SP), quebrou duas vezes o recorde sul-americano da categoria: no segundo lançamento marcou 67,17 e no quarto, 71,83. O recorde anterior era 66,92, do amazonense Alexon Maximiano (São Raimundo), e fora estabelecido na Polônia, 17 de julho de 1999.
Nos 200m, vitória dos cariocas Jorge Célio da Rocha Sena (Vasco/RJ), com 21.35 (recorde do Campeonato), no masculino, e Evelyn Carolina Oliveira dos Santos (Flamengo/RJ), com 24.83, no feminino.

Júlio César sentiu dores nas costas depois do quarto lançamento e acabou desistindo das duas tentativas finais. Mas aí já havia melhorado, em mais de cinco metros, o recorde anterior. Júlio César, de 16 anos, começou no atletismo em 1997, em sua cidade, com o técnico Ademir Nicola Francisco. Este ano foi contratado pela BM&F Atletismo, de São Caetano (SP), e passou a treinar com João Paulo Alves da Cunha.

Sem conseguir esconder a timidez, Júlio César, com 1,84 m e 89 Kg, diz que cursa o segundo ano colegial em Santo André, cidade vizinha a São Caetano, no ABC paulista. “Gosto da nova situação, me sinto bem na república casa que mora com outros atletas da equipe e tenho esperanças de bons resultados em 2003”, afirmou o atleta. Dois atletas Amazonas subiram no pódio: Aércio Silva de Oliveira, segundo com 63,18, e Jander Cardoso Nunes, terceiro com 62,87.

Por equipes, a equipe de São Paulo lidera com 35 medalhas (15 de ouro, 11 de prata e 9 de bronze), seguido por Rio de Janeiro, com 17 (10 de ouro, 4 de prata e 3 de bronze).
Os outros campeões da manhã: 800m Kleberson Davide (BM&F Atletismo/SP) 1:51.67 (RC); salto triplo Marcos Ferreira da Silva (ASA/SP) 14,46; 3.000m Sandro da Silva (BM&F Atletismo/SP) 8:41.91 (RC); 5.000m marcha feminina Marilu Zanghelini (Timbó) 25:59.80; lançamento do martelo feminino Gisela Figueiredo Cardozo (Adeblu/SC) 43,07; Octatlo Carlos Eduardo Bezerra Chinin (Guaru/SP) 5.616 pontos (Recorde Sul-Americano de Menores).

Este texto foi escrito por: Benê Turco

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts