Camping para o Mundial Juvenil começa segunda

Cavahleiro acredita que vários atletas têm chances nas provas individuais (foto: Harry Thomas Jr  Arquivo WebRun)
Cavahleiro acredita que vários atletas têm chances nas provas individuais (foto: Harry Thomas Jr Arquivo WebRun)

Começa nesta segunda-feira, dia 1o de julho, a fase final da preparação brasileira para o Campeonato Mundial de Juvenis, que será disputado em Kingston, Jamaica, de 16 a 21 deste mês de julho. A competição, para atletas com até 19 anos, terá 28 brasileiros (20 homens e oito mulheres).

Primeiro, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) vai reunir, em camping de treinamento, em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, os dez atletas convocados para as equipes de revezamento 4 x 100m e 4 x 400m, no masculino. No dia 8, juntam-se a eles, os demais atletas.

Algumas das principais esperanças brasileiras de pódio na Jamaica já estarão treinando na segunda-feira, sob o comando de João Paulo Alves da Cunha, treinador-chefe da equipe que irá ao Mundial. Os treinos vão acontecer na pista do São José, em São Caetano.

Entre os destaques, está Bruno Nascimento Pacheco (Vasco da Gama/RJ). Qualificado para correr também nos 100 e 200m, Bruno venceu as duas provas no Campeonato Brasileiro realizado em junho na cidade de Maringá, Paraná. Bruno marcou 10.43 nos 100m (recorde da competição) e 20.71 nos 200m (recorde brasileiro da categoria).

Nos 100m, em final forte, Bruno foi seguido por Eliezer de Almeida (São José dos Campos/SP), que marcou 10.47; Jorge Célio da Rocha Sena (Vasco da Gama/RJ), 10.49; Bruno de Alcântara Góes (Brasiliense/DF), 10.50; e André Caliari Oliveira (BM&F Atletismo/SP), 10.60. Os cinco estão convocados para o 4 x 100m.

Além de Bruno Pacheco, farão provas individuais no Mundial Eliezer de Almeida (100m) e Jorge Célio (200m). Bruno de Alcântara fará apenas o revezamento e André será o reserva da equipe.

No 4 x 400m vão competir Thiago Pereira Chyaromont, da Mangueira (RJ); Luís Eduardo Ambrósio, de São José dos Campos (SP); Diego Venâncio, de Sertãozinho (SP); Luiz Guilherme Santos de Oliveira, da Ferroviária (SP); Luiz Eduardo da Silva, do Vasco da Gama (RJ).

Para o presidente da CBAt, Roberto Gesta de Melo, “o Brasil pode comemorar não apenas o fato de 28 atletas conseguirem a qualificação ao Mundial. Igualmente importante é que os atletas vêm de sete estados, de todas as regiões do Brasil”. Para Martinho Santos, secretário geral da entidade, “as duas equipes de revezamento têm boas chances de sucesso na Jamaica”.

Já Carlos Alberto Cavalheiro, coordenador da Comissão Nacional de Treinadores, acha que, além dos revezamentos, vários atletas têm chances nas provas individuais, “como o Bruno Pacheco, principalmente nos 200m”.

Este texto foi escrito por: Confederação Brasileira de Atletismo – CBAt

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts