Candidatos à correr Paris treinam em São Paulo

O treinador Andé Pereira diz que será complicado fazer a escolha de apenas dois atletas (foto: Alexandre Koda / www.webrun.com.br)
O treinador Andé Pereira diz que será complicado fazer a escolha de apenas dois atletas (foto: Alexandre Koda / www.webrun.com.br)

Os selecionados na promoção do Banco Real com o apoio do Webrun estão treinando em São Paulo com o objetivo de se condicionarem antes da seleção final, que escolherá duas pessoas para correr a Maratona de Paris gratuitamente. Eles vêm num ritmo forte há quatro semanas, orientados pela assessoria esportiva Run e Fun.

São 30 atletas que foram escolhidos após uma triagem com quase 100 pessoas, num teste de 18 quilômetros realizado na USP, no dia quatro de fevereiro. Uma parte do grupo realiza os treinamentos no Parque da Água da Branca, zona oeste de São Paulo, outra no Parque do Ibirapuera, zona sul, e todos se encontram aos sábados na Cidade Universitária para os treinos longos.

Hugo Siqueira comenta que se surpreendeu com o nível técnico do treino, mas está satisfeito com seu progresso. “Não achei que fosse um nível técnico tão avançado, quem ganhar está de parabéns, pois estamos nos nossos limites. Temos nossos problemas pessoais, profissionais, mas temos que nos esforçar para estar aqui”. Segundo ele, desde o início do projeto até agora, já conseguiu perceber redução nas medidas e aumento de performance.

Já Luiz Antônio Costa, experiente maratonista que já participou de sete provas nessa distância, também se mostrou satisfeito. “Esses treinos estão sendo bons, sem folga, num ritmo forte, visando a maratona. Apesar de já treinar há nove anos, esse projeto aumentou minha performance em treinos longos, que o que eu menos fazia”.

O treino – Nessa terça-feira a temperatura estava na marca dos 22º C e o vento fresco deixou os atletas mais confortáveis para correr, ao contrário do que vinha acontecendo nos dias anteriores, quando o calor já era forte logo cedo. O treino consistiu em dar diversos tiros em torno da arena existente no Parque da Água Branca, que possui 323 metros de extensão.

Passadas algumas voltas eles descansavam alguns minutos e, após se hidratarem com água e repositor energético, os treinadores verificavam os batimentos cardíacos. Para encarar o projeto é necessária muita disposição, pois os treinos são feitos de manhã, fato que Ricardo Zagiacomo encara com disposição. “Acho que os treinos têm sido muito proveitosos e mesmo que eu não vá a Paris, pretendo continuar com a Run e Fun, pois o grupo é muito bom, criamos uma amizade”. Ele diz também que já perdeu mais de dois quilos desde que começou a correr, além de ter tido o rendimento aumentado.

Quem também se mostra disposta e animada é Lucila Pacheco, que após completar o treino, comentou sua evolução. “Melhorei muito minha técnica e meu tempo. Todos têm o objetivo de ser selecionado, mas sei que são pessoas muito boas e comprometidas”. Ela também definiu a equipe de treinadores como “nota 10” e se for escolhida vai realizar o sonho de correr uma maratona.

O treinador André Francisco Pereira, um dos responsáveis pelo grupo, elogia a performance de Lucila e comenta sobre os outros pupilos. “Ela não fazia treinos de 30 quilômetros no início, mas começou a se superar nos longos e ganhou motivação. Todos estão bem comprometidos com o treino, está difícil saber quem escolher, estão seguindo tudo direitinho”.

Ele comenta ainda que muitos atletas treinavam por conta própria, sem orientação, mas agora com uma seqüência definida por profissionais conseguiram melhorar. “O único que está saindo um pouco da linha é o Luiz, que participa de muitas provas. Eu disse que se ele quiser correr a maratona terá que diminuir o ritmo para não se lesionar”.

André também diz que os atletas que treinam durante a noite no Parque Ibirapuera formam um grupo bem uniforme no quesito resultados. “Sem contar a mulher que treina lá, a Kátia Parente, todos têm o mesmo nível de condicionamento, o que dificulta ainda mais a escolha”.

No dia 25 de março haverá a última seleção, na USP, junto com os sete selecionados de outros estados, que vão correr num trajeto de 18 quilômetros na Raia Olímpica. Depois disso, serão escolhidos os dois contemplados que ganharão a inscrição e as despesas para participar da Maratona de Paris, que acontece no dia 15 de abril.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts