• Alimentação - Chega de transformar o carboidrato em vilão!

Chega de transformar o carboidrato em vilão!

Tratado como vilão, o carboidrato pode sim fazer parte da sua alimentação. Entenda!

Assim como a gordura também já foi a “vilã” das dietas, chegou a vez dos pobres carboidratos serem riscados da lista de alimentos permitidos, em planos de alimentação focados no emagrecimento. “As pessoas costumam associar o carboidrato apenas com pão e acham que a melhora na alimentação vem na troca por torradas ou bolachas, tipo cream cracker, como se não fosse trocar 6 por meia dúzia. A falta de informação adequada e orientação de um profissional gera isso”, alerta a nutricionista Fernanda Grijó.

A grande questão (difícil de entender para a maioria) é que nada deve ser evitado no processo de emagrecimento, mas sim consumido em quantidades adequadas para cada pessoa, dependendo do objetivo. Sendo assim, não é o alimento o grande problema de quem quer perder peso, mas sim o quanto dele é consumido. “Esse é o ponto chave para quem busca perder peso, além da qualidade desse carboidrato”.

Procure alimentos com menos ingredientes possíveis e de melhor qualidade, como farinhas integrais Foto: Bit24/Fotolia

Procure alimentos com menos ingredientes possíveis e de melhor qualidade, como farinhas integrais Foto: Bit24/Fotolia

Quais os melhores substitutos para as versões menos saudáveis?

“Os melhores carboidratos – ou até mesmo de qualquer grupo de macronutrientes –, são os alimentos de verdade, batata, batata doce, mandioquinha, mandioca”, diz Fernanda.

Já no quesito industrializados, a nutricionista ensina seus pacientes a lerem e entenderem os rótulos, indo direto na lista de ingredientes. “Falando de um modo básico e simples, o primeiro alimento da lista está em maior quantidade (pelo menos 51% do produto) e se ele já inicia com farinha enriquecida com ferro e ácido fólico ou açúcar, o produto é riquíssimo em carboidrato de rápida absorção e irá atrapalhar o processo de emagrecimento, fora os outros aditivos, corantes e conservantes que se nem você consegue entender o que são, imagine o coitado do seu organismo que não tem o google para consulta”.

Desembrulhe menos e descasque mais

A maior dica é sempre procurar alimentos com menos ingredientes possíveis e de melhor qualidade, como farinhas integrais (de verdade!), ou até mesmo farinhas de oleaginosas, que não possuam inúmeros tipos de açúcar (açúcar invertido, frutose, maltodextrina, xarope de glicose, sacarose, dextrose, agave, xarope de milho… pense em uma lista enorme!).

Existe um máximo a ser consumido, para não atrapalhar na perda de peso?

Existe sim, mas assim como também existe para os outros macronutrientes: proteína e gordura.

“Cada pessoa tem seu próprio ‘limite’. Sempre de acordo com o objetivo, além do controle de uma possível patologia, que necessita do controle de carboidratos, como na diabetes”, diz Fernanda.

Os melhores carboidratos são os alimentos de verdade, batata, batata doce, mandioquinha, mandioca Foto: Happy Lark/Fotolia

Os melhores carboidratos são os alimentos de verdade, batata, batata doce, mandioquinha, mandioca Foto: Happy Lark/Fotolia

Carbo antes ou depois do treino?

De novo, depende!

“Depende muito do tipo de esporte, volume de treino, frequência e objetivo, se é estético ou se para performance. É algo extremamente individual, mas que se feito e avaliado por um profissional pode ajudar muito no alcance dos seus objetivos”.

Pense em você!

Não adianta pedir ajuda para amiga, vizinha, primo que emagreceu fazendo a dieta da lua. Ninguém é igual e cada um tem suas particularidades, privações alimentares e objetivos. Busque um profissional de qualidade e não vá na onda de ninguém!

Comentários

Tags:, , , , ,
Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade