CBAt fará testes de EPO na São Silvestre

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) vai realizar testes para controle de EPO na 77ª Corrida Internacional de São Silvestre, que acontece no próximo dia 31, na cidade de São Paulo, SP.

A decisão foi anunciada hoje pelo presidente da CBAt, Roberto Gesta de Melo.

O EPO (Eritropoetina) é uma substância que, ingerida, é considerada doping pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF). O uso do EPO é detectado principalmente em corridas longas e ciclismo.

De acordo com as regras de controle de doping, para ser validado, o exame de EPO deve ser feito a partir de amostras de sangue e urina colhidos de cada atleta.

“Temos recebido denúncias de uso dessa substância”, explicou Gesta. “Assim, para resguardar a imagem do atletismo e para combater este tipo de doping, decidimos fazer os testes na São Silvestre, que é a principal corrida de fundo do Brasil”, afirmou o presidente da CBAt.

Segundo Gesta, dez atletas passarão pelo controle de doping, na São Silvestre.

“Os critérios para a definição dos atletas que serão testados são da CBAt e não serão divulgados”, disse o dirigente.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts