CBAT faz contagem regressiva: 365 dias para Tóquio 2020, veja atletas brasileiros classificados para os jogos

A preparação para Tóquio 2020, terá a cerimônia de abertura daqui a exatamente um ano, no dia 23 de julho de 2021. A pandemia de Covid-19 quebrou todo o planejamento feito, com o adiamento da Olimpíada e o cancelamento de várias competições importantes desta temporada de 2020. Obrigou uma reengenharia na preparação dos atletas por todos envolvidos como treinadores, integrantes das equipes multidisciplinares, confederações e Comitê Olímpico do Brasil (COB).

CBAT faz contagem regressiva: 365 dias para Tóquio 2020, veja atletas brasileiros classificados para os jogos
Estádio Olímpico (Tóquio-2020)

Darlan Romani, eleito em 2018 e 2019 o melhor representante da modalidade, resolveu recomeçar os treinamentos. “Estava numa preparação muito boa, mas de repente tivemos de parar tudo por causa da pandemia. Fiz treinamentos meia boca em casa e num terreno vizinho devido à quarentena. Agora, eu e o meu técnico resolvemos recomeçar”, disse Darlan, referindo-se ao especialista cubano Justo Navarro.

Recordista sul-americano, campeão brasileiro, continental e pan-americano do arremesso do peso, Darlan foi avisado pela agente internacional que as etapas que pretendia disputar da Liga Diamante, o maior circuito de competições do atletismo mundial, foram canceladas. Com isso, vai se preparar para o Troféu Brasil e o Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo, marcados para dezembro, e não pretende treinar ou competir no exterior este ano.

+ Escolha seu próximo desafio na corrida!

“Vamos construir um plano diferente para a Olimpíada. Foco total e torcer para que não aconteçam as intercorrências que tivemos este ano”, lembrou o atleta catarinense, de 29 anos, quarto colocado no Mundial de Doha, no Catar, no ano passado.

O Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA) fechou novamente, na segunda-feira (20/7), mas o atleta voltou ao espaço ao lado de sua casa. “Estou usando a área de arremesso que construí no terreno vizinho da minha casa, mas agora sem pressa. Até o Troféu Brasil e o GP Brasil terei tempo de fazer uma boa preparação”, concluiu.

Todos os atletas, tanto os qualificados quanto os que buscam os índices para Tóquio 2020, enfrentam dificuldades por causa da pandemia. Para minimizar os problemas um grupo de representantes do atletismo deve embarcar para Portugal na segunda quinzena de agosto para participar da Missão Europa do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

– Atletas com índice olímpico

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) confirmou que até antes da pandemia 17 atletas brasileiros tinham alcançado a qualificação para os Jogos de Tóquio 2020, sendo 14 no masculino e três no feminino. Além dos atletas, as equipes de revezamento masculino do 4×100 m e do 4×400 m misto também asseguraram vaga. A relação é a seguinte:

Masculino:
Paulo André Camilo de Oliveira (Pinheiros) – 100 m – 10.04 (0.9)
Aldemir Gomes Junior (Pinheiros) – 200 m – 20.17 (0.9)
Gabriel Constantino (Pinheiros) – 110 m com barreiras – 13.18 (0.8)
Eduardo de Deus (ADPA) – 110 m com barreiras – 13.30 (0.7)
Alison Brendom dos Santos (Pinheiros) – 400 m com barreiras – 48.28
Marcio Teles (Orcampi) – 400 m com barreiras – 48.60
Thiago Braz (sem clube) – salto com vara – 5,92 m
Augusto Dutra (Pinheiros) – salto com vara – 5,80 m
Alexsandro Melo (ADPA) – salto triplo – 17,20 m (2.0)
Almir Cunha dos Santos (Sogipa) – salto triplo – 17.15 m (1.0)
Darlan Romani (Pinheiros) – arremesso do peso – 22,61 m
Paulo Roberto de Almeida Paula (São Paulo/Kiatleta) – maratona – 2:10.08
Daniel Chaves (IICB) – maratona – 2:11:10
Caio Bonfim (CASO) – 20 km marcha atlética – 1:18:47

Feminino:
Vitória Rosa (Pinheiros) – 200 m – 22.72 (0.4)
Érica Rocha de Sena (Pinheiros) – 20 km marcha atlética – 1:27:37
Andressa Oliveira de Moraes (Pinheiros) – lançamento do disco – 65,34 m

A corrida pelo índice olímpico será reaberta em dezembro de 2020. Os Jogos Olímpicos de Tóquio serão abertos oficialmente no dia 23 de julho de 2021. As competições começam, porém, com disputas de softbol e futebol feminino no dia 21. As provas de atletismo serão realizadas de 30 de julho a 8 de agosto, no Estádio Olímpico (competições de pista) e no Sapporo Odori Park (provas de marcha atlética e maratonas).

+ Participe de uma corrida virtual, escolha sua prova!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts