CBAt volta a expedir permits e homologar corridas de rua

Depois de mais de um ano e meio, em função de todos os problemas causados pela pandemia global da COVID-19, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) voltou a expedir permits e homologar corridas de rua. As duas primeiras provas reconhecidas são a Maratona do Rio COSAN e a Meia Maratona do Rio | Claro 2021.

A Maratona do Rio recebeu o Selo Ouro da CBAt e o Permit nº 01/2021. Além dos 42,195 km, a competição terá provas de 5 km e de 10 km no dia 15 de novembro. As largadas da maratona ocorrerão em ondas, a partir das 5 horas, na Av. Infante Dom Henrique, no Aterro do Flamengo, mesmo local das chegadas. Os 5 km e os 10 km serão disputados a partir das 9 horas.

Já a Meia Maratona recebeu o Selo Prata e o Permit nº 02/2021 da CBAt e será disputada a partir das 5 horas deste domingo (14/11), com largadas também em ondas. Os tiros de partida serão dados na Avenida Delfim Moreira, no Leblon, e a chegada ocorrerá no Aterro do Flamengo.

Haverá ainda o Desafio Cidade Maravilhosa, que é uma combinação de superar e testar limites, com atletas disputando a Meia Maratona no domingo e a Maratona na segunda-feira, com o participante correndo pouco mais de 63 km em dois dias.

Para garantir a saúde e segurança das crianças, segundo a organização, não será realizada a Maratoninha Gloob este ano.

Desta forma, o evento que foi virtual em 2020 volta à forma presencial e contará com uma arena para dar assistência aos atletas na Marina da Glória.

O protocolo de segurança sanitária contra a COVID-19 foi elaborado pelo corpo médico do evento e chancelado pela Secretaria Municipal de Saúde, seguindo também as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). O atleta, amador ou não, precisa estar imunizado com as duas doses da vacina ou dose única, no caso da Janssen, aplicadas até o dia 1 de novembro. Caso não tenha conseguido tomar a 2ª dose até a data mencionada, o corredor poderá apresentar o resultado do teste PCR ou antígeno de SARS-CoV-2 realizado até 48 horas antes da entrega de kit.

Os atletas que ainda não se sentirem confortáveis para participar da corrida têm a opção de competir na prova virtual. A organização desenvolveu, junto aos órgãos competentes, uma série de protocolos específicos para cada momento da jornada do corredor – inscrição, entrega de kits, largada, percurso e arenas -, para que os corredores se sintam seguros durante o evento.

O segmento de corridas de rua foi particularmente atingido pela pandemia, com centenas de provas canceladas, adiadas e novamente adiadas por causa da situação sanitárias e os milhares de doentes e de mortos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carolina Abrantes

Carolina Abrantes

Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.

Ver todos os posts