• Maratona - Maratona de Chicago 2019: o duelo entre Galen Rupp e Mo Farah é a grande atração

Maratona de Chicago 2019: o duelo entre Galen Rupp e Mo Farah é a grande atração

Os últimos dois campeões da prova estão em diferentes momentos de vida

Foto: Martin Rickett/PA

Os melhores maratonistas americano e britânico competem na Maratona de Chicago 2019. No dia 13 de outubro, Galen Rupp e Mo Farah, atletas que já chegaram a treinar juntos, se encontram em mais um evento. Ambos são os últimos dois vencedores dessa Maratona, portanto as expectativas para esse “duelo de gigantes” são altas e promete ser a atração principal da prova.

+ Também é maratonista? Inscreva-se nos 42k da Maratona Internacional de Floripa!

Conforme matéria do site Letsrun.com, essa é a primeira maratona que Rupp irá participar desde Chicago 2018. Duas semanas depois de terminar a prova em 2h06min21seg, garantindo o quinto lugar, o corredor passou por uma cirurgia no Aquiles, para corrigir a sua Deformidade de Haglund. Com isso, segue em recuperação.

Foto: Getty/Espn

Depois de sua vitória no ano passado na Maratona de Chicago, o treinador de Farah, Gary Lough, abriu as portas para o atleta voltar a competir nas pistas – tinha parado em 2017. A partir disso, muito foi especulado se o corredor participaria da prova de 10 mil metros em Doha, 2019, para defender sua marca.

O problema é que a data da corrida de 10 mil metros do Campeonato Mundial de Atletismo é no dia 6 de outubro, uma semana antes de Chicago. Em tweet, qualquer dúvida de qual seria o foco de Farah em 2019 foi esclarecida.

Tradução: “Vou voltar para a Maratona de Chicago no dia 13 de outubro. Vencer lá no ano passado e quebrar o recorde europeu foi especial. Ao discutir com meu time, para garantir que eu tenha a melhor chance de atingir meu objetivo, meu foco em 2019 é apenas nas ruas”.

O duelo

Assim como Farah, Rupp também tem suas metas. Ainda segundo o Letsrun.com, os fãs de corrida estavam na dúvida se Rupp voltaria para as provas em 2019 ou se esperaria os Jogos Olímpicos em 2020. Porém, correr Chicago é uma chance do atleta já se classificar para as Olimpíadas. A marca necessária é de 2h11min30seg, o que é um “presente” para o corredor. Pois fez em menos tempo as seis maratonas que já terminou.

Mas você acha que ele vai correr só para tentar garantir um lugar nos Jogos? Não! Ele não se inscreveria em Chicago se não tivesse intenções de ganhar. “Depois da cirurgia seguida da corrida no ano passado, eu tenho colocado toda minha energia na minha recuperação e em um forte retorno em 2019”, conta Rupp para os organizadores. “Eu espero estar no meu melhor de novo e dar tudo de mim em outubro”, continua.

+ Confira maratonas para participar!

Comparando o momento de vida de ambos os corredores, Farah tem uma vantagem sobre Rupp. Além disso, segundo notícia do Letsrun.com, os dois se enfrentaram 23 vezes e o americano venceu apenas uma vez. Mas os dois são respeitáveis maratonistas e tudo pode acontecer em Chicago. Vamos ficar de olho!

Mais informações na matéria da Letsrun.com

Comentários

Tags:, , , , , , , , ,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade