Cinco mil atletas correm Circuito das Estações

As campeãs ganharam troféus e brindes dos patrocinadores (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)
As campeãs ganharam troféus e brindes dos patrocinadores (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)

Cerca de cinco mil pessoas correram na manhã desse domingo (13) os 10 quilômetros da etapa de inverno do Circuito das Estações, em São Paulo. A largada aconteceu às 8h na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, e a vitória ficou com Rafael Santos entre os homens e Elisabeth Esteves entre as mulheres.

São Paulo – A etapa de inverno do Circuito das Estações foi realizada num dia típico da estação, com ar seco, temperatura na marca dos 14ºC, céu encoberto e um vento gelado. Para espantar o frio, os competidores chegaram cedo para caprichar no aquecimento e alongamento.

Após o tiro de partida, dois pelotões se formaram nos primeiros quilômetros, tendo como líderes Fábio Nascimento e José Rodrigues dos Santos no primeiro e Adriano Bastos no segundo. Bastos começou a prova num ritmo moderado, apenas observando a disputa dos adversários à sua frente.

Entre os quilômetros três e quatro, sobre o Elevado Costa e Silva, Nascimento foi perdendo posições para os atletas que vinham de trás e a prova passou a ter Adriano e Rafael Santos como ponteiros. A partir do quilômetro seis os dois começaram um duelo particular que terminou com vantagem para Rafael.

Disputa – O competidor de 22 anos vinha lado a lado com o pentacampeão da Maratona da Disney, mas abriu nos quilômetros finais, na região da Avenida Pacaembu e cruzou em primeiro com o tempo de 30min56. Adriano foi o segundo colocado com 31min15 e José Rodrigues o terceiro com 31min34.

Segundo Rafael, durante a prova ele sentiu que seu corpo estava reagindo bem ao esforço e resolveu acelerar no final para tentar a vitória. “O objetivo era chegar entre os três melhores, mas aproveitei que estava bem para abrir distância. Eu fui terceiro colocado na primeira etapa esse ano e, conhecendo o percurso, foi mais fácil”.

Já o vice-campeão ressalta que apesar de não ter obtido o primeiro posto, estava contente por ter subido ao pódio e dar visibilidade aos seus patrocinadores. “O diferencial de hoje foi o clima e o pessoal conseguiu correr num tempo abaixo do que costumam fazer. A disputa foi muito acirrada e o Rafael é um atleta que vem despontando nos últimos tempos”.

Enquanto os dois primeiros fizeram festa pela colocação obtida, José parecia um pouco decepcionado por ter ficado no lugar mais baixo do pódio. “Tem dia que você não está 100% e sente mais dificuldades. A prova foi bem disputada, mas eu não estava no meu melhor dia e sei que consigo fazer bem melhor”.

Na disputa feminina também houve duelo, já que Beatriz Nascimento e Elisabeth Esteves protagonizaram uma disputa desde a largada. Logo no começo as duas saíram num ritmo forte e deixaram as adversárias para trás, que preferiram se poupar ao invés de tentar atacar a dupla.

Beatriz vinha na liderança até a passagem do quilômetro seis, mas aos poucos foi diminuindo a intensidade da passada e foi ultrapassada por Elisabeth, que vinha a todo o momento em seu encalço. A partir daí Beth continuou a acelerar para cruzar em primeiro com 36min19. “Na hora que eu resolvi acelerar a Bia ficou, então continuei forte sempre mantendo uma distância de uns 100 metros. Eu não podia diminuir, pois ela vinha para me pegar”, comenta a competidora que gostou do clima frio.

Beatriz foi a vice-campeã com 36min46 e Ariane Monticeli a terceira colocada com o tempo de 38min54. Segundo Bia, ela diminuiu o ritmo no meio da prova porque não estava se sentindo bem. “Não sei se foi o frio, ou outra coisa. De qualquer forma fiquei satisfeita com o pódio e agora vou me dedicar aos treinos para as próximas provas”.

Superação – A terceira colocada, que é triathleta profissional, usou a competição como forma de treinamento e não esperava chegar ao pódio. “Eu costumo sair forte, mas as meninas puxaram muito, então preferi fazer uma prova mais ritmada”. Para ela, o pódio teve um gosto ainda mais especial, já que atropelada durante o treino no sábado (12) e cogitava não participar. “Bati a cabeça no chão, dormi mal, mas como já tinha me inscrito resolvi correr”.

A prova desse domingo foi a segunda do Circuito na temporada 2008, já que em abril aconteceu a disputa de outono. No dia 26 de setembro acontecerá a corrida de primavera e no dia 14 de dezembro a de verão, para que o atleta componha a mandala com as quatro medalhas.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts