Circuito Rei e Rainha do Mar confirma etapa 2021 em Cabo Frio

Circuito Rei e Rainha do Mar confirma etapa 2021 em Cabo Frio
Foto: Divulgação

O Circuito Rei e Rainha do Mar é o queridinho dos amantes de corrida e natação na praia. Promovido pela Effect Sport e com patrocínio da Enel Distribuição Rio e da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, via Lei de Incentivo do Estado, a primeira etapa confirmada de 2021 vai acontecer na Praia do Peró, em Cabo Frio, litoral do Rio de Janeiro nos dias 11 e 12 de setembro. Para esta disputa, além das provas já conhecidas pelo público, os inscritos também poderão se aventurar na canoa havaiana, modalidade que acontece pela primeira vez no estado do Rio. Outra novidade é que duas provas de natação no mar, a Classic (2 k) e Challenge (4 k) terão o formato de travessia, começando e terminando em pontos diferentes. A competição acontecerá de acordo com todos os protocolos de segurança vigentes para garantir a segurança dos atletas participantes.

“O Circuito já faz parte do calendário de competições dos atletas brasileiros, e, nesta edição, terá a energia especial do ouro olímpico conquistado pela Ana Marcela na maratona aquática.Temos muita admiração pela atleta, que já participou de diferentes edições do Rei e Rainha do Mar, e acompanhamos a trajetória dela no esporte Esse é o 12º ano que produzimos o evento e estamos sempre trazendo novidades para o público. Além das provas de corrida e natação, vamos repetir o trail run, sucesso na edição 2020, e também teremos a canoa havaiana. Vale ressaltar que temos uma equipe incansável trabalhando para fazer um evento seguro e dentro dos protocolos de segurança vigentes no Estado do Rio”, afirma Pedro Pedro Rego Monteiro, CEO da Effect Sport, agência que assina o Rei e Rainha do Mar.

Ao todo, serão mais de 20 premiações nos dois dias de evento, considerando todas as modalidades e categorias. O Circuito começa no sábado com a prova de maior destaque, a travessia Super Challenge 10k, prova vencida pela campeã olímpica Ana Marcela Cunha na edição de 2020. No mesmo dia, os inscritos na canoa havaiana poderão escolher entre 5 e 10km nas categorias Sport e Pro para competir.

Já no domingo, o evento começa com os atletas de trail run percorrendo a distância de 8 km a partir das 7h. Na sequência, é a vez da Beach Run (2 km e 5 km), da Beach Biatlhon (1 km natação + 2 km corrida na areia). No mesmo dia, também acontecem as provas Sprint (1km), Open (500 m), Classic 2km e Challenge (4 km), essas duas últimas terão formato de travessia com largada na Praia das Conchas e chegada na Praia do Peró.

As crianças têm provas específicas para elas, a Kids Run, que larga às 10h30 (3 e 4 anos 50 m; 5 a 7 anos 100 m; 8 a 10 anos 300 m; 11 a 13 anos 600 m); e a Kids Swim (9 a 11 anos 200 m; 12 e 13 anos 400 m). Todas as modalidades de domingo terão a categoria Pessoa com Deficiência (PcD) com staff dedicado.

Sobre o Circuito Rei e Rainha do Mar

Em 2008, um atleta da seleção brasileira de águas abertas completou a nado o Desafio do Leme ao Pontal, um percurso de 35 km que é considerado uma das maiores travessias já realizadas no Brasil. Na ocasião, o nadador recebeu o título de “Rei do Mar”. No ano seguinte, nasceu o evento homônimo.

Inicialmente, o circuito contava com apenas duas provas: a Travessia, voltada para atletas amadores, e o Desafio, para os profissionais.

O evento ganhou força e visibilidade na comunidade mundial aquática e, em 2010, cruzou o oceano e fez sua primeira edição internacional em Portugal. Também neste ano, o Desafio Elite ganhou um dia exclusivo, com transmissão ao vivo na TV aberta, e o evento passou a receber as “rainhas” do mar, se tornando, então, o “Rei e Rainha do Mar”.

O circuito se adaptou e teve inúmeras provas de distâncias diferentes ao longo dos anos, mas foi em 2012 que o Rei e Rainha do Mar passou a ter provas de Beach Run e SUP, abrangendo não só os fãs de natação. Surgia aí o maior festival de esportes de praia do Brasil!

Grandes nomes da natação mundial passaram pelas nossas provas, como a norte-americana Haley Anderson, Vice Campeã Olímpica Londres 2012, o holandês Ferry Weertman, Campeão Olímpico Rio 2016, e a italiana Rachelle Bruni, Vice Campeã Olímpica Rio 2016.

Em 2015 e 2016, o evento viajou o país, passando pelas cidades de Florianópolis, Fortaleza, Ubatuba e Salvador. Já em 2017, o destaque foi para a última edição em dezembro, nas areias de Copacabana, com a aposentadoria da medalhista olímpica Poliana Okimoto no Desafio Elite. Poliana se despediu da natação ao lado de grandes atletas brasileiros, como Ana Marcela, Allan do Carmo e Léo de Deus.

Em 2018 o circuito voltou a percorrer o país, voltando nas cidades de Florianópolis, Salvador, Ubatuba e Rio de Janeiro. O RRM também desembarcou pela primeira vez em Brasília, recheada de novidades: foi a estreia da canoa havaiana na competição e também foi a primeira experiência em água doce, no Lago Paranoá.

No ano de 2019 o Circuito completou 10 anos com duas etapas na cidade onde tudo começou, no Rio de Janeiro. Em dezembro a prova foi patrocinada pela Shell e bateu o número de inscritos tendo quase todas as provas esgotadas.

Em 2020, o Rei e Rainha do Mar foi o único evento de águas abertas a ser realizado no mundo, seguindo todas as normas de segurança impostas pela pandemia da Covid-19. O evento reuniu cerca de dois mil atletas e rendeu a Pedro a indicação ao prêmio “Homem do Ano” da Associação Internacional de Águas Abertas (WOWSA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts