8 coisas que você precisa saber sobre hipertensão arterial

A hipertensão arterial, também conhecida como pressão alta, é uma doença crônica, e por muitas vezes silenciosa. A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) estima que 30% dos brasileiros sejam hipertensos. O Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial é celebrado dia 26 de abril e tem como objetivo a conscientização da população sobre a importância do diagnóstico e tratamento da doença.

A Fundação Pró-Rim apresenta dez informações que você precisa saber sendo hipertenso ou não. Confira abaixo:

8 coisas que você precisa saber sobre hipertensão arterial
Foto: Adobe Stock

1 – Você pode ser hipertenso e nem saber

Existem pessoas que dizem que se a pressão está alta, sentem dor de cabeça, tontura, dor na nuca, mas estes são consideradas exceções à regra. A hipertensão é considerada uma doença assintomática, ou seja, não apresenta nenhum sintoma. Descobre-se aferindo (medindo) a pressão, por isso, é muito importante fazer regularmente a avaliação da sua pressão arterial.

2 – Monitore sua pressão

Como não há sinais da doença, a recomendação é aferir a pressão arterial a cada 2 anos. Caso sua pressão se apresente elevada, a aferição deve ser feita com mais frequência em intervalos menores de tempo. Você pode verificar sua pressão nas farmácias e nos postos de saúde.

3 – Porta de entrada para outras doenças

A hipertensão é a doença de base para outras enfermidades, como doenças cardiovasculares (DCVs), doenças renais crônicas (DRCs), além de morte prematura. Em 2019, segundo informações do DataSUS, 27,7% dos óbitos no Brasil eram decorrentes de doenças cardiovasculares, e destes, 45% estavam associadas a hipertensão.

+ Siga o Webrun no Instagram!

4 – Vida moderna, saúde ruim

Ter hábitos para um vida mais saudável é o conselho para prevenir qualquer doença. O estilo de vida corrido, alimentação desregrada, consumo de produtos ultraprocessados e de bebidas alcoólicas, pouco atividade física, obesidade, são um combo propício para o aumento da pressão arterial. Sem contar o tabagismo!

5 – Alimentação pode auxiliar no controle da pressão

Mais de 60% das pessoas que tem pressão alta são obesas. O consumo moderado de sódio (sal), a qualidade dos produtos e uma dieta mais saudável podem auxiliar no controle da pressão arterial. Ou seja, desembale mais e procure deixar o saleiro mais longe possível da mesa.

6 – Não há cura. Mas pode ser controlada.

Tratar a hipertensão exige muito esforço dos pacientes. Apesar de não ter cura, seguindo as orientações médicas é possível ter boa qualidade de vida. É fundamental seguir alguns cuidados. O hipertenso deve diminuir ou abandonar o consumo de bebidas alcoólicas, manter peso, incluir atividade física em sua rotina, não fumar, controlar o estresse, e principalmente, verificar a pressão arterial regularmente. O uso de medicamentos também auxilia no controle da doença.

+ Faça sua inscrição para sua próxima corrida de rua aqui!
+ Participe de um desafio virtual.

7 – Seus rins estão em perigo

Pessoas que sofrem de hipertensão possuem mais chances de ter a insuficiência renal, ou seja, a perda da função dos rins. Isto porque a pressão arterial alta de longa data, não controlada, pode causar esclerose dos néfrons (unidade funcional dos rins), o que acarreta na falha da filtração do sangue.

8 – Covid-19: risco maior para hipertensos

Pessoas que sofrem de hipertensão arterial fazem parte do grupo de risco para a Covid-19. O hipertenso que contrair o vírus poderá ter complicações graves e maior chance de internação. “Estas pessoas devem intensificar as medidas de prevenção, como distanciamento social, uso da máscara, higienização das mãos. Além disso, o hipertenso deve manter o uso de medicamentos, seguir uma dieta saudável, praticar exercícios físicos e monitorar seus valores de pressão arterial. Fique atento ao calendário de vacinação na sua cidade e tome a vacina contra a Covid-19 assim que possível”, indica o médico nefrologista e presidente da Fundação Pró-Rim, Dr. Marcos Alexandre Vieira.

Leia também:

 Aprenda a evitar lesões treinando em casa
 Dicas para escolher o tênis ideal para a sua corrida 

– Fortaleça a lombar e melhore a sua performance
– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts