• Bem Estar - Como acelerar o metabolismo em 4 passos e chegar em forma no verão

Como acelerar o metabolismo em 4 passos e chegar em forma no verão

O conceito de metabolismo lento muitas vezes é apenas a forma como a saúde e a alimentação estão sendo tratadas. Mesmo se a desculpa for a falta de tempo para cultivar os bons hábitos, o profissional de educação física Mauricio Rossi, separou algumas dicas bem simples para acelerar o metabolismo e eliminar de vez as calorias a mais. E ele garante: dá tempo de queimar calorias antes da estação mais quente do ano chegar.

1. Sem fome: Comer pequenas quantidades sempre e que sejam suficientes para que o organismo não sinta falta de nada e assim, não armazene gordura;

2. Movimente-se com uma simples caminhada de 30 minutos e vá aumentando intensidade e o tempo gradativamente. Pode começar deixando a esteira na velocidade 5 e ir aumentando aos poucos;

Foto: Depositphotos

Foto: Depositphotos

3. Beba água antes de sentir sede e lembre-se quando sentimos sede já é um sinal de desidratação;

4. Coma o necessário e isso não significa ingerir tudo o que deseja, mas, não deixe de fora nenhum macronutrientes: carboidratos, proteínas e gorduras são necessários, basta equilibrá-los.

Para quem quer chegar em forma nesse Verão, o personal trainer indica ainda os carboidratos complexos e proteínas magras – que são as principais fontes que não podem faltar na dieta de quem busca o corpo escultural. “Mas, nada de exagerar nas calorias já que o objetivo de todo treino é elimina-las, o importante é ingeri-las de maneira inteligente: como os integrais – eles é que vão prevenir a fadiga e melhorar o desempenho durante a atividade aeróbica ou musculação“, fala o profissional.

+ Inscreva-se para a Meia Maratona de Cabo Frio!

A refeição pré treino pode variar muito de um indivíduo para outro, basicamente, alguns alimentos que podem se encaixar nesse momento são: batata doce, pão integral, sem abusar dos embutidos, uma porção pequena de frutas ou um iogurte zero, que podem ser acompanhados de grãos como linhaça, aveia ou quinoa. Esses são digeridos de maneira mais lenta e assim fornecem a energia necessária para o treino.

Já para ajudar na recuperação muscular pós treino, Maurício indica as proteínas magras: peixes, frango, ovos e queijos de baixa caloria. E o mais importante: “Nada de treinos em jejum, ir para academia em jejum além de não ajudar a emagrecer o efeito pode ser reverso“, completa o profissional.

Comentários

Tags:, , , , ,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade