Confirmado: Padre irlandês tira Cordeiro da maratona

Segundo agências internacionais, o padre irlandês Cornelius Horan, que empurrou o brasileiro Vanderlei Cordeiro para a calçada durante a maratona olímpica, pegou pena de um ano de prisão. Ele também terá que pagar uma multa de três mil euros, além de ficar afastado de eventos esportivos por três meses. No ano passado ele invadiu o circuito de Silverstone, no final do GP da Inglaterra de F-1 para divulgar mensagens religiosas.

Por causa do incidente Vanderlei Cordeiro ficou de fora da prova durante 10 segundos. O tempo foi suficiente para os adversários ultrapassarem o brasileiro. “Só um maratonista sabe o que é parar de repente durante uma prova. Você perde o ritmo, diminui o batimento cardíaco e se desconcentra”, revela Vanderlei.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts