Conheça as lesões mais frequentes na hora da corrida

Conheça as lesões mais frequentes na hora da corrida
Foto: Fotolia
Apesar dos inúmeros benefícios, a corrida é um esporte que assim como outras modalidades também pode causar determinadas lesões. Elas podem ocorrer pelo uso do tênis inapropriado, falta de alongamento, postura errada, falta de descanso e até mesmo o excesso de treino.

O Webrun listou as 10 lesões mais comuns que os corredores enfrentam, confira abaixo:

1. Fascite plantar

É a inflamação do tecido que se extende por toda a sola do pé, desde o calcanhar até os dedos. Pode provocar dor e dificuldade para caminhar. O tratamento normalmente é feito à base de medicamentos e fisioterapia.

2. Tendinite do Calcâneo (tendinite de Aquiles)

Inflamação no tendão, que é osso do calcanhar ao músculo da panturrilha. Os principais sintomas são dores e sensibilidade no calcanhar. Esse tipo de tendinite pode ser tratado com fisioterapia e medicamentos.

3. Inflamação na canela (canelite)

É causada pelo desgaste da tíbia, o osso frontal na parte superior da perna. Existem dois tipos de canelite: a posterior e inferior. Em ambos os casos o principal sintoma é a dor forte na perna. O tratamento inclui repouso, gelo e analgésicos.

+ Faça sua inscrição para sua próxima corrida aqui!
+ Participe de um desafio virtual.

4. Entorse no tornozelo

É a ruptura total ou parcial dos ligamentos, normalmente ocorre quando a pessoa se descuida e vira o pé. A torção pode causar dor e inchaço. Nos quadros mais simples é tratada com repouso e compressas de gelo e água quente, já em casos mais graves é necessário acompanhamento fisioterapêutico.

5. Condromalácia Patelar (joelho de corredor)

Causada por má postura ou descompensação muscular. Pode gerar desconforto e dores que aparentam ser nas cartilagens, mas que na verdade vêm dos tecidos da patela. Normalmente o tratamento é feito por meio de fisioterapia e reeducação dos movimentos do joelho para a prática da corrida.

6. Lombalgia aguda (Dor nas costas)

Também é ocasionada pela má postura ao correr. As dores fortes podem ser tratadas com analgésicos e, em casos simples, tendem a passar com repouso.

7. Estiramento Muscular na região posterior da coxa

Ocorre quando as fibras do músculo são esticadas além de seu limite ou quando a amplitude do movimento na corrida é mais curta que o necessário, a dor do estiramento é imediata. O tratamento mais utilizado é a fisioterapia.

8. Fraturas por estresse

São microfraturas nas extremidades inferiores do perônio e tíbia (ossos da perna) metatarsos e fêmur. Na maioria dos casos ocorrem pelo excesso de treinamento, por isso tendem a melhorar com a redução ou até mesmo interrupção das atividades físicas e, uma readaptação progressiva dos treinos.

+ Siga o Webrun no Instagram!

9. Pulbalgia

Inflamação na região do púbis causada pela movimentação incorreta do quadril. Essa lesão gera dores aguadas e para tratá-la é necessário repouso e fisioterapia.

10. Lesão no menisco

Causada pela fadiga das cartilagens, normalmente é percebida pela dor na lateral dos joelhos. O tratamento também é feito com fisioterapia e em casos mais graves a cirurgia pode ser necessária.

A maioria das lesões se não tratadas podem evoluir para um quadro mais grave ou até mesmo tornar-se crônica, por isso é sempre importante contar com a orientação de especialistas e adaptar o estilo de corrida ao seu preparo físico.

Leia também:

– Fortaleça a lombar e melhore a sua performance
– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Carolina Abrantes

Carolina Abrantes

Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.

Ver todos os posts