• Atletismo - Corra da enxaqueca

Corra da enxaqueca

A enxaqueca é uma doença que atinge grande parte da população. E erroneamente muitas vezes é tratada como uma simples dor de cabeça. Contudo, a enxaqueca é mais complexa e requer tratamento médico específico. De acordo com especialistas, um dos melhores remédios naturais contra a doença é a prática de atividade física, entre elas a corrida.

As mulheres, após a puberdade até a menopausa, são as que mais sofrem com a enxaqueca. Já nos homens, ela se manifesta com freqüência da idade escolar até a puberdade. Os fatores que mais favorecem o aparecimento da doença são as alterações hormonais (principalmente nas mulheres), a pré-disposição genética, consumo de bebidas alcoólicas e o estresse físico ou emocional.

Normalmente as pessoas, que sofrem de dores na cabeça, buscam combater o desconforto com analgésicos, para depois procurarem um médico. “O tratamento preventivo só é recomendado para quem tem mais de duas crises de enxaqueca por mês”, explica a neurologista e especialista em medicina do sono, Saada Ellovicth.

Um dos medicamentos usados no combate à doença é o antidepressivo. “Eles (os antidepressivos) são utilizados porque liberam a endorfina, que melhora as crises da enxaqueca”, diz a doutora. Mas não são só os antidepressivos que podem liberar essa substância. Nosso corpo também produz endorfina. Para isso é necessário que o corpo receba alguns estímulos e a corrida é um deles. Ou seja, podemos dizer que correr é um antidepressivo natural e saudável.

“É evidente a melhora dos pacientes depois de começarem a atividade física”, enfatiza a neurologista, que corre desde a adolescência. “Eu sofro de enxaqueca e a combato de diversas maneiras, entre elas, correndo. Sem dúvida isso fez com que minhas crises melhorassem”, explica.

Além do esporte, também é importante manter uma alimentação saudável e evitar, mesmo num mundo como o de hoje, o estresse. Tudo isso ajudará suas crises de enxaqueca diminuírem ou até cessarem.

Outro conselho da neurologista é evitar tomar remédios, porque eles viciam e podem causar a dor crônica, muito mais difícil de ser tratada. Se tiver que viciar em algo, que seja na corrida. Isso sim faz bem à saúde!

Uma dúvida comum entre as pessoas é se enxaqueca e a dor de cabeça são a mesma coisa. A resposta é não! A enxaqueca é um tipo de dor de cabeça. Aliás, é um dos tipos mais difíceis de ser diagnosticados, porque não tem como ser identificado nos exames. O sucesso do diagnóstico está na conversa com o especialista. Só assim ele poderá chegar até a doença.

Principais sintomas da enxaqueca –

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Fotofobia (sensibilidade à claridade)
  • Fonofobia (sensibilidade a sons)
  • Dores na metade da cabeça
  • Dor pulsátil (a sensação de que o coração está dentro da cabeça)
  • Tonturas
  • Muita vontade de comer doces ou perda do apetite
  • Irritabilidade

    Este texto foi escrito por: Yara Simões

    Comentários

  • Tags:, ,
    Redação Webrun
    Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
    Publicidade

    Calculadoras Webrun

    Publicidade