Pesquisa mostra que mais da metade dos corredores amadores já sofreu alguma lesão

Pesquisa mostra que mais da metade dos corredores amadores já sofreu alguma lesão
Foto: Adobe Stock

Nem é preciso dizer que correr é um esporte de alto impacto. Portanto, se parece que você e seus colegas de corrida estão constantemente se revezando lutando contra lesões – grandes e pequenas – você não está sozinho: quase metade de todos os corredores amadores sofre lesões, de acordo com uma pesquisa de Jonatan Jungmalm, Ph.D., no Departamento de Alimentos, Nutrição e Ciências do Esporte da Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

Como parte de sua tese de doutorado, Jungmalm recrutou mais de 200 corredores amadores entre 18 e 55 anos e os monitorou durante um período de um ano. Para participar do estudo, eles deveriam estar correndo há pelo menos um ano, terem corrido uma média de pelo menos 15 km por semana no ano passado e estarem sem lesões há pelo menos seis meses.

Jungmalm descobriu que 46% desses corredores relataram lesões ao longo de um ano, e os locais mais comuns eram o joelho – representando 27% de todas as lesões – e o tendão de Aquiles e área da panturrilha, representando cerca de 25% de todas as lesões.

+ Siga o Webrun no Instagram!

Aqueles com uma lesão anterior tinham quase duas vezes mais chances de sofrerem uma lesão relacionada à corrida do que aqueles que nunca tiveram lesões, de acordo com um resultado do estudo que foi publicado recentemente no Journal of Orthopaedic & Sports Physical Therapy .

Além disso, os corredores mais novos tendem a ter taxas de incidência de lesões mais altas, dado que, relacionado a outras pesquisas,  indica que lesões causadas pela corrida são o principal motivo para corredores amadores abandonarem a modalidade.

“Para os corredores, acho que o resultado disso é a consciência de como as lesões comuns podem ser”, disse ele “Os corredores amadores experimentam, em média, pelo menos uma lesão em cerca de 225 horas de corrida. O que os corredores pensam sobre isso não fez parte da pesquisa, mas minha experiência como corredor me diz que muitos corredores podem não reconhecer o risco real de se machucar”.

Existe uma forma de evitar lesões?

Com a carga de treinamento, muitos corredores  rastreiam a quilometragem e embora isso seja útil, não dá uma imagem completa da carga real. A quilometragem é uma carga externa, mas não mede a resposta fisiológica do corpo a uma corrida, conhecida como carga interna. Para isso, você precisa estar ciente da intensidade , da frequência cardíaca e do nível de fadiga.  E assim, evitar o overtraining, leia sobre este assunto aqui.

+ Faça sua inscrição para sua próxima corrida de rua aqui!
+ Participe de um desafio virtual.

No fim, a melhor forma de evitar lesões correndo amadoramente é consultar um treinador sobre a como incorporar a corrida na sua rotina e treinamentos, e é muito importante descansar e se recuperar o suficiente.

Se você parece estar sempre se machucando, é melhor consultar profissionais – um treinador de corrida, médico de medicina esportiva, fisioterapeuta etc, para descobrir o motivo e o que você pode fazer você se manter saudável.

Leia também:

 Dicas para escolher o tênis ideal para a sua corrida 
– Fortaleça a lombar e melhore a sua performance
– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts