Corredores amadores se preparam para provas

Sandro e Mitiko estaráo na pista para o teste de 3.000m (foto: Harry Thomas Jr  Arquivo WebRun)
Sandro e Mitiko estaráo na pista para o teste de 3.000m (foto: Harry Thomas Jr Arquivo WebRun)

Na próxima quarta-feira, dia 23, às 6 horas da manhã na pista de atletismo do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, Ibirapuera, um grupo de corredores formado por empresários, jornalistas, músicos, ex-moradores de rua e pessoas da terceira idade, realizarão o teste de 3.000 metros para participarem do calendário de provas internacionais que serão realizadas nos dias: 07 de setembro 21 K de Buenos Aires Argentina, 12 de outubro 42 K de Chicago Estados Unidos e a popular Corrida Internacional de São Silvestre de 15 K no dia 31 de dezembro.

Luiz Masagão Ribeiro, 50 anos, ex-presidente da Bolsa de Valores, superintendente do Banco Indusval, criou em 1989 o projeto ouro olímpico para os atletas que trouxessem medalhas dos Jogos Olímpicos e o Clube BM&F Atletismo, também foi um dos responsáveis pela reforma da nova pista de atletismo do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no momento se prepara para a sua 11ª maratona.

Ana Luiza dos Anjos Garcez, 40 anos, ex-moradora de rua que descobriu no esporte um novo modo de vida, já correu a Maratona de Nova Iorque e os 21 K do Japão, recentemente estabeleceu os recordes brasileiros masters para os 800 e 1500 metros no VII Troféu Brasil de Atletismo Master em São Paulo, seu próximo desafio será o Campeonato Sul-Americano de 21 K em Buenos Aires.

Oswaldo Silveira, 73 anos, é maître com formação em Paris, França, onde viveu por dois anos. Atualmente comanda a cozinha do Hotel Frontenac, em Campos do Jordão. Foi capa da Revista Gula em 2002 e no dia 16 de junho vai lançar o livro “Bastidores da Gastronomia”. Foi exatamente a corrida que o levou de volta a Paris, em 1998, para correr a maratona considerada a mais charmosa do mundo. Oswaldo terminou a prova em 3h59min, fazendo seu melhor tempo para a distância de 42.195 metros.

Mitico Nakatani, 71 anos, expert em culinária japonesa, começou a praticar a caminhada aos 60 anos por recomendação médica. Fora enferma por mais de 10 anos e freqüentemente tinha que ser carregada pelo marido de um local para outro. Com a prática da caminhada, Mitiko logo percebeu que poderia começar a correr. Em 2000, correu a Maratona de Nova York em 4h28min e a partir de então não parou mais de freqüentar os pódios na sua faixa etária das principais corridas de rua do país. É bicampeã dos 10 km da Tribuna (2000 e 2001), onde estabeleceu sua melhor marca para os 10 km, com 51min44s.

Jacob Nahmias, 70 anos, comerciante, nasceu na Grécia e aos 2 meses foi morar em Israel, onde viveu até os 23 anos. Era músico, tocava pistão na orquestra filarmônica de Israel, quando o maestro e seu professor havia lhe indicado um curso em Paris. O navio em que estava atracou no porto de Gênova, Itália, e resolveu acompanhar um amigo que vinha para o Brasil, que dizia “ser a terra do café e do carnaval”. Nahmias, fala seis idiomas: português, espanhol, francês, hebraico, árabe e inglês e trabalha 8 horas por dia.

Vera Alice Silva, 60 anos, iniciou no atletismo aos 18 anos (1963) no Esporte Clube Pinheiros. Foi campeã brasileira nos anos 70 nos 100 metros rasos (12 segundos), 200 metros rasos (25 segundos) e nos 400 metros rasos (58seg10). Já representou o Brasil em diversos campeonatos mundiais e jogos pan-americanos. No dia 16 de março, na Meia maratona de Lisboa estabeleceu o recorde sul-americano na faixa etária 60-64 anos, com 1h44.

Valdomiro Paulo Cocato, 62 anos, administrador de empresas, foi atleta profissional de futebol de 1956 a 1959 jogando no Estrela da Saúde com passagem pelo Juventus. Retirou-se do futebol devido a uma contusão no joelho. Atuou como árbitro de futebol de salão profissional. Há quinze anos pratica o atletismo.

Carlos Kawall, 42 anos, é economista-chefe do Citibank, já correu a Meia Maratona de Buenos Aires em 2000, a Meia do Rio por três vezes e, recentemente a Maratona de Paris, concluindo com o tempo de 3h45. Treina diariamente às 5 horas da manhã.

Arnaldo de Sousa, 34, jornalista, foi apresentador do Canal Rural, atualmente é especialista em agro-business da REUTERS. Em 1997, foi o campeão da corrida dos jornalistas, prova de 2 K realizada no campus da Cidade Universitária de São Paulo.

Murilo Robotton, 33 anos, é diretor do Citibank, seu próximo passo será a Maratona de Chicago em outubro.

Rodrigo Zaidan Esper, 31 anos, foi atleta da seleção brasileira de handebol, será sua estréia na Meia Maratona de Buenos Aires

Ekhard Kupfer, 61 anos, empresário alemão que vive no Brasil há mais de 25 anos, já correu 5 maratonas internacionais.

Antônio Carlos Fiore, 52 anos, diretor-financeiro da DASLU, maratonista com mais de 20 maratonas realizadas.

Fábio Pando, 37 anos, superintendente de publicidade e marketing corporativo do grupo Telefônica, será sua 5 maratona internacional.

Antônio Loureiro, 53 anos, empresário português, já correu 25 maratonas e a ultramaratona de 90 K na África do Sul em 2001.

Fernando Moreira, 56 anos, médico e diretor do Colégio Brasileiro de Radiologia, será sua 8ª maratona internacional.

Alberto Banach, 45 anos, empresário, ultramaratonista que já correu os 90 K da África do Sul em 2001, será sua 11ª maratona.

Roberto Chieregatti, 61 anos, empresário, será sua 3ª maratona.

Aryemir Gualtieri, 44 anos, engenheiro responsável pelas obras que estão sendo realizadas no rio Tietê, será sua estréia em maratonas.

Luiz Gonzaga Carvalho, 61 anos, músico e empresário, vencedor da Meia Maratona do Rio de Janeiro (1h29min) e da Maratona de São Paulo (2h58min), campeão Sul-Americano e vencedor da Meia Maratona de Buenos Aires do ano passado, atualmente é um dos melhores corredores do mundo na categoria de 60 a 64 anos.

Sandro Eduardo Figueiredo, 29 anos, atleta da Nike e estudante de educação física, seu melhor resultado é de 1h08min na Meia do Rio de Janeiro, em 2001 foi o segundo melhor brasileiro na Maratona de Paris com 2h24min.

Antônio Felício de Carvalho, 61 anos, empresário português.

Marcos Caetano, 37 anos, diretor de marketing do portal Terra, é comentarista da ESPN Brasil e colunista esportivo, será sua estréia nos 21 K de Buenos Aires.

Jun Kinugawa, 64 anos, empresário, será sua estréia em maratona.

José Roberto de Almeida, 56 anos, executivo de multinacional, será sua primeira maratona.

Antônio José Vaz Pinto, 38 anos, empresário português, será sua 4ª maratona.

Maria Lúcia de Carvalho, 50 anos, iniciou caminhando em 2001, já correu a São Silvestre e a Maratona de Berlim em 2002.

João Carlos Ambrosano, 45 anos, designer de jóias, será sua 10ª maratona.

Wanderlei de Oliveira, 43 anos, diretor da Federação Paulista de Atletismo, pratica o atletismo desde os 6 anos de idade. Desde 1982 com a fundação da CORPORE Corredores Paulistas Reunidos, é o responsável pela preparação de grupos para as maratonas de Nova Iorque, Paris, Chicago, Londres e da Conrades na África do Sul, prova de 90 K. Em 1992, idealiza o Pão de Açúcar Club o primeiro clube empresa do Brasil, no momento se prepara para a sua 21ª maratona internacional. Foi capa da revista Veja São Paulo em 1999 O Guru da Pista.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts