• Corrida de Montanha - Corrida noturna do XTerra reúne 700 pessoas nas areias de Fortaleza

Corrida noturna do XTerra reúne 700 pessoas nas areias de Fortaleza

A largada foi na areia da praia (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)
A largada foi na areia da praia (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)

A noite do último sábado (19/11) foi diferente para os 700 corredores que estiveram na etapa de Fortaleza (CE) do Circuito XTerra 2011, prova que contou com uma disputa de 7,5 quilômetros por trilhas e areias nas proximidades do Parque Aquático Beach Park. Tatiana Gomes venceu entre as mulheres, enquanto no masculino Evilásio Nascimento e Anderson Silva chegaram juntos de mãos dadas.

Direto de Fortaleza (CE) – A noite chegou em Fortaleza com uma temperatura de 23˚C, amenizada pela brisa do mar. A Arena da prova foi montada nas proximidades do Hotel Beach Park Resort e desde às 17h os competidores começaram a chegar para se aquecer e aguardar a largada.

O tiro de partida foi dado pontualmente às 19h e o primeiro desafio foi encarar um trecho de areia fofa na praia, antes de chegar às ruas próximas ao hotel. O trecho pelo bairro tinha asfalto ano passado, mas devido à obras na região o concreto foi removido e deu lugar a uma terra batida misturada com cascalho e um pouco de areia.

Desde o início Evilásio e Anderson saíram disparados na liderança e ficavam se alternando no primeiro lugar enquanto abriam distância para os adversários. Após o trecho de terra eles entraram por uma trilha e passaram sob um manguezal até atingir uma lagoa.

Os corredores perfilados sob a luz da lua com suas lanternas de cabeça se assemelhavam a pequenos vagalumes iluminando o céu escuro. Os dois corredores não aliviaram o ritmo nem mesmo nos dois quilômetros finais, disputados em areia fofa, e decidiram chegar de mãos dadas até cruzarem a linha de chegada com o tempo 25min11.

“Nós treinamos na mesma equipe e resolvemos fazer uma parceria para chegarmos juntos. Mas como o Evilásio chegou com um pé na frente foi considerado campeão”, conta Anderson. “Foi uma corrida muito puxada, já que estava muito escuro no percurso”, completa. Já o vencedor diz que a estratégia foi pensada desde o começo para evitar que alguém de outra equipe ficasse com o título. “Já saímos forte logo no começo”, lembra. “O percurso foi um pouco complicado, mas gostoso de fazer”, ressalta. A terceira colocação ficou com Sérigo Marques da Silva, com 26min56.

Mulheres – Na disputa feminina nenhuma das corredoras abriu larga vantagem no começo, mas Renata Pascoal começou mais forte e liderou até a entrada da trilha, ocasião em que foi ultrapassada por Tatiana Gomes. Ela ainda tentou uma recuperação, mas era tarde demais, já que Tatiana cruzou a linha de chegada em primeiro com 36min11.

No sábado pela manhã ela correu e venceu uma prova feminina na Avenida Beira Mar disputada em quatro quilômetros de asfalto, então segurou um pouco o ritmo no começo para sentir a reação de seu corpo. “Foi puxado, principalmente por conta da areia, mas eu já conhecia a prova, pois corri ano passado e ganhei na minha faixa etária. Esse ano foi mais difícil já que eu estava cansada da prova anterior, mas graças a Deus consegui ganhar”, relata Tati, que ainda disputou outra prova no domingo (20/11) de dez quilômetros.

Para garantir uma resistência muscular capaz de suportar a intensa carga de exercícios, ela treina pesado todos os dias há um ano e meio. “Corro de domingo a domingo das oito às dez da manhã. Também tenho uma dieta balanceada com frutas e legumes e um chocolatinho de vez em quando, pois ninguém é de ferro”, brinca.

A segunda colocada, Renata, explica o motivo de ter sido subitamente ultrapassada no trecho de trilha. “Eu estava com medo do meu chip cair, aí quando parei para arrumar ela me ultrapassou. Eu ainda tentei buscar, mas ela foi bem melhor”. Renata também esteve na corrida feminina disputada mais cedo, mas não correu. “Fui levar um pessoal para lá. Aí acordei cedo, fiquei no sol e tive um pouco de desgaste”. Ela marcou o tempo de 38min01.

Em terceiro chegou Laurelia Monteiro, com 39min04. “Foi uma prova difícil, com muita areia, mas muito bonita”, comenta. “Foi legal correr durante a noite à beira mar”.

Os três melhores colocados na categoria geral receberam troféus como premiação, enquanto todos os que completaram o percurso ganharam medalhas de survivor. Na dispersão todos tinham à disposição água, Gatorade, além de maçãs e peras Turma da Mônica.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Comentários

Tags:, , ,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade