Corrida de rua global apresenta novo trajeto e mudanças na ‘linha de chegada móvel’

Uma corrida diferentona, sem linha de chegada fixa e com uma causa nobre. Essa é Wings for Life World Run, prova mundial que retorna ao Rio de Janeiro, no dia 5 de maio. Com o slogan “Corra por aqueles que ainda não podem”, o evento, que está com inscrições abertas, tem toda sua renda revertida para pesquisas que buscam a cura da lesão na medula espinhal.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Neste ano, uma das novidades para os corredores é que a largada acontecerá no Leblon e, entre os pontos principais, os corredores passarão por Ipanema, Arpoador, Copacabana e Aterro. Os inscritos ainda percorrerão lugares icônicos do centro da cidade, fugindo do chamado “Catcher Car”, carro que persegue os participantes ao longo do trajeto, funciona como uma linha de chegada móvel e também terá aspectos inéditos em sua velocidade.

+1ª Maratona de Revezamento Americana. Clique aqui!

O ritmo do Catcher Car permanecerá igual até 21km, contudo, desta distância até 42km, o aumento na velocidade será mínimo. Para quem quiser ir ainda mais longe, o veículo ficará mais rápido. Pelo pace, o corredor consegue projetar até onde irá na prova por meio do site do evento.

Em 2018, mais de 100 mil pessoas fizeram inscrições em uma das provas espalhadas por 66 países e, juntas, somaram 934.484 km percorridos, arrecadando €3 milhões. No Brasil, mais de 3 mil pessoas se inscreveram, entre eles, atletas e famosos, como Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank, Lais Souza, Carlos Burle e Pedro Scooby.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Sobre a Wings for Life World Run
No dia 5 de maio, a Wings for Life World Run acontece simultaneamente em diversos locais ao redor do mundo, com todos correndo exatamente na mesma hora, não importa se é dia ou noite, e sempre pelo mesmo objetivo – arrecadar fundos para a Fundação Wings for Life, que apoia pesquisas sobre a cura da lesão na medula espinhal.<

Com seu formato único, os participantes correm o quanto conseguirem até serem ultrapassados pela linha de chegada móvel, o “Catcher Car”, que larga 30 minutos depois dos competidores e vai aumentando de velocidade gradativamente. Esse conceito permite que qualquer um participe do evento, independentemente do nível de treinamento.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Desde 2014, quando foi lançada, a Wings for Life World Run já contou com mais de 500.000 pessoas de 193 nacionalidades em mais de 66 países dos sete continentes. Os interessados ainda podem se inscrever pelo site do evento.

+ Os melhores eventos do Brasil estão aqui. Clique aqui e confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts