Corrida virtual: 7 dicas para se preparar e aproveitar melhor a experiência

A corrida virtual já caiu no gosto de muitos corredores neste momento em que provas presenciais não estão acontecendo, por causa da pandemia de covid-19. Se você vai realizar um desafio virtual, já escolheu sua prova, mas não sabe como se preparar e tirar o melhor proveito desse formato, dá uma olhada neste check list com o que você não pode esquecer e dicas para ter a melhor experiência na sua virtual:

Corrida virtual: 7 dicas para se preparar e aproveitar melhor a experiência
Foto: Adobe Stock

1. Marque um compromisso com você 

Você define a prova, o kit, a distância e realiza sua inscrição, mas os dias vão passando e nada de realizar o desafio? Para virtuais é preciso ter disciplina e vencer a preguiça! Mesmo com toda a comodidade de escolher quando fazer a prova, é importante definir uma data e marcar esse compromisso com você, essa é uma forma de não ficar postergando, se manter motivado para correr a distância e dar o seu melhor.

+ Participe de uma corrida virtual, escolha sua prova!

2. Faça seu planejamento 

O trajeto da corrida virtual é personalizável, você escolhe se vai fazer a prova na esteira ou ao ar livre. Se decidir pela segunda opção, o planejamento da distância e do local são super importantes. Escolha algum lugar em que você já está habituado a treinar e que tem uma noção do quando deve percorrer para alcançar determinada distância; se vai correr no parque, por exemplo, você deve saber quantas voltas são necessárias para completar a quilometragem.

Se preferir a rua, use ferramentas como o Google Maps para escolher e calcular o percurso antes de sair para correr. Definir o trajeto previamente vai te ajudar a traçar uma estratégia, aproveitar mais o percurso e, quem sabe até, alcançar novas melhores marcas pessoais.

Outro ponto importante é a altimetria do percurso; já que você escolhe onde vai correr, lembre-se que o nível de dificuldade da prova também fica a seu critério, se vai ser um trajeto cheio de subidas e descidas ou se será um lugar mais plano, isso também é você quem decide.

+ Acompanhe o Webrun pelo Instagram!

3. Lembre-se de marcar o tempo

Na corrida virtual não há um chip no número de peito ou calçado para monitorar seu tempo, então leve com você um celular com aplicativo, Adidas Runners, Strava, Nike Run Club, são algumas opções; ou então utilize um relógio GPS, só assim você irá conseguir marcar com precisão sua distância percorrida, tempo total e pace.

Ah, e não se esqueça, de “printar” ou tirar uma foto do seu resultado, é dessa forma que você pode comprovar seu tempo para a organização e solicitar o recebimento do kit. Além disso, para os mais competitivos, alguns desafios virtuais também oferecem uma classificação com os resultados de todos os participantes da prova, você não vai querer perder a oportunidade de ficar bem classificado nesse ranking, não é mesmo?

4. Se prepare por dentro e por fora 

Se você é um corredor minimamente empolgado, você já tem todo um ritual próprio para dias de prova. Com o formato virtual, não deve ser diferente: se prepare de dentro para fora. Lembre-se de dormir bem antes do dia que vai realizar o percurso, alimente-se antes de correr, e prepare aquele seu look da sorte – vale usar seu tênis preferido, bermuda, meia e acessórios para dias em que o corre é especial; toda essa preparação ajuda a ter ainda mais motivação para realizar o desafio virtual.

+ Inscreva-se para um desafio virtual.

5. Use o que já sabe que dá certo

Assim como em provas presenciais, a dica aqui é não estrear seu novo tênis de corrida em uma prova virtual, principalmente, se você vai correr pensando em performance ou com foco em bater seu recorde pessoal. Prefira um calçado confortável que te dá segurança para correr. Essa dica vale também para roupa, aplicativo e até mesmo trajeto; use uma roupa que não te incomoda, um app ou relógio que já sabe como mexer e priorize um percurso que você já conhece para não ter o risco de se perder ou correr quilômetros a mais ou a menos.

6. Não se esqueça da hidratação 

Na corrida virtual não tem uma estrutura montada para que o atleta beba água durante o percurso ou coma uma frutinha ao final dele. Então, se você vai correr na rua, precisa se preocupar em levar sua própria hidratação ou pensar em um local durante o seu trajeto que dê para fazer aquela pausa rápida para matar a sede. Dependendo da distância, alguns corredores nem fazem questão de beber nada, mas, se você já sabe que seu corpo pede água enquanto corre, esse é um ponto importante para seu planejamento de prova.

7. Respeite seus limites 

Antes de sair por aí correndo, certifique-se que está preparado para isso, não se desafie em distâncias que nunca correu, o aumento de quilometragem deve ser feito de forma constante e progressiva, respeitando também o descanso para minimizar o risco de lesões. A corrida virtual deve ser encarada como uma motivação a mais para se manter ativo e trazer benefícios à sua saúde, não a torne uma obrigação e não force seus limites.

+ Escolha seu próximo desafio na corrida!

Em tempos de pandemia…

Também é importante lembrar que ainda estamos enfrentando o coronavírus, por isso, se for fazer sua corrida virtual na rua vá de preferência sozinho, mantenha o distanciamento, busque horários alternativos se for correr em parques e não se esqueça de fazer o uso da máscara e levar uma reserva para trocar quando a sua estiver molhada. Corra pela sua saúde, sem colocar em risco a saúde dos outros.  Se tiver com sintomas de covid-19, fique em casa!

Leia também: 

+ Por que fazer minha primeira corrida virtual? 
+ O que é uma corrida virtual? Conheça essa tendência de provas 
+ 6 Dicas para correr da forma mais segura durante a pandemia de covid-19

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carolina Abrantes

Carolina Abrantes

Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.

Ver todos os posts