Cruz Nonata não consegue índice para Maratona Olímpica e busca 10.000m

Cruz Nonata tenta agora os 10.000 metros (foto: Paulo Gomes#8260; www.webrun.com.br)
Cruz Nonata tenta agora os 10.000 metros (foto: Paulo Gomes#8260; www.webrun.com.br)

A piauiense Cruz Nonata falhou na tentativa de se classificar para a Maratona dos Jogos Olímpicos. No domingo (15/04), a brasileira correu a Maratona de Viena e chegou na sétima colocação, com 2h32min46 para ir aos Jogos, Cruz teria que correr abaixo de 2h30.

A aposta da fundista agora é uma classificação para a prova dos dez mil metros, em que foi medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, em 2011. “Temos tempo de buscar o índice de 31min41 até o dia primeiro de julho”, comenta o treinador da atleta, José Alessandro da Silva.

A prova– O evento na capital austríaca teve como grande atrativo um jogo de pega-pega entre os dois maiores nomes do esporte em atividade, a britânica Paula Radcliffe e o etíope Haile Gebrselassie, que saiu vencedor Paula largou com vantagem.

“Eu gritei para ela se apressar”, conta o africano, que acenou para a britânica ao ultrapassá-la. Ele venceu a prova com 1h00min52, enquanto a inglesa venceu a prova feminina com 1h12min03. Ela se desculpou por não ter sido competitiva o suficiente no desafio.

Na Maratona, a vitória ficou com o queniano Henry Sugut, com 2h06min58, recorde do percurso. Na prova feminina, a etíope Fate Tola venceu, com 2h26min39.

Vaga olímpica– A única brasileira classificada no momento para a Maratona dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 é Adriana Aparecida da Silva. A corredora conquistou a vaga na Maratona de Tóquio.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts