• Bem Estar - CXWORX, a aula da Bio Ritmo que define o centro do corpo com música

CXWORX, a aula da Bio Ritmo que define o centro do corpo com música

Uma aula de apenas 30 minutos que trabalha o centro do nosso corpo. Conheça o CXWORX da Bio Ritmo

No ritmo da batida da música, com uma trilha sonora de pops agitados os alunos de CXWORX vivem os 30 minutos mais agitados de sua semana. A aula que foi projetada pela Les Mills lá na Nova Zelândia foi lançada em maio na Bio Ritmo e fomos conferi-la.  Parece fácil mas não é. O objetivo dos exercícios é definir os músculos do centro do corpo, propondo uma postura e respiração melhor. Sem a repetição da academia, os alunos treinam que mais parece uma dança levados pela energia do professor. Ficou confuso? Vem entender no vídeo:

O instrutor Luis Antonio da Bio Ritmo Moema conversou com a gente e tirou todas nossas dúvidas sobre a aula. Leia a entrevista completa:

Webrun: O que é a aula de CXWORX?

Luis: A aula de CXWORX foi desenvolvida pela Les Mills para complementar os outros treinos. Ela veio com foco totalmente no core que é a nossa “caixa de força”, que é o “centro do corpo”, que une abdômen, glúteo e costas, certo? Coisa que a gente não trabalhava de forma tão específica, a gente trabalha mas não tinha foco só nessa área. E a Les Mills sentiu necessidade de criar essa aula para complementar as outras aulas que ela já oferece e que a gente também oferece na grade da Bio Ritmo.

É importante ressaltar que não é uma aula de abdômen. Muitas pessoas pensam quando fala CXWORX e tem o nome core envolvido que foca só nos abdominais, mas não. A gente trabalha com “core expandido” que é a junção de abdômen, glúteo e costas e também trabalha os membros, pernas e braços. Nas séries integradas, por exemplo, quando a gente fez o movimento de “rainbow” de passar a borracha por cima da cabeça. E ele ainda dá condicionamento cardiovascular, que é o mais importante.

Webrun: Qual a relação da aula com a trilha sonora usada?

Luis: Todas as aulas da Les Mills são coreografadas ou pré-coreografadas. Nós professores recebemos o material, que vem pronto com a música toda pensada. Existe um trabalho lá na Nova Zelândia, que é onde elas são desenvolvidas que eles estudam a letra, a batida, a sensação, o que a música quer passar para o aluno, para que na hora que ele estiver executando o movimento não perca o foco. A música vai conectar a pessoa com o movimento. Então é totalmente coreografada, ritmada e dentro da música.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Webrun: Quais os principais benefícios da aula em si?

Luis: Os principais benefícios do CXWORX é você trabalhar os estabilizadores e eretores da coluna, que são aqueles músculos mais profundos que estão ligados na parte óssea, na parte das vértebras. Com isso você terá uma coluna mais alinhada por mais tempo, vai sentir menos dor quanto estiver em uma postura correta. Por que a má postura todo mundo faz e é a confortável, sustentar a boa postura é o que dói e o que as pessoas não fazem. Então o core bem trabalhado e alinhado, você consegue deixar sua postura alinhada por mais tempo e consegue executar melhor os exercícios, caminhar por mais tempo em uma boa postura e respirar melhor. Webrun: Quais os cuidados que devemos ter na aula para evitar lesões?

Luis: O aluno deve prestar muita atenção no professor, como você mesma fez a aula (falando em direção à nossa editora que testou a aula), você viu que as transferências são rápidas, os exercícios acontecem de forma rápida e a mudança de um pro outro também, então é estar totalmente focado. Não pode ficar desviando muito a atenção, porque senão perde e acaba fazendo o exercício errado.

Outro cuidado é sempre avisar o professor se você tiver algum tipo de lesão. A gente também não indica essa aula para mulheres grávidas e para pessoas que tem algum problema articular mesmo que esteja em tratamento, porque a gente faz muita movimentação integrada. Se tiver algum tipo de problema não indicamos que faça, fala com a gente que podemos ver a melhor adaptação.

+ Participe Night Nation Run SP!

Webrun: Hoje na aula tinham só mulheres. Ela é especial para o público feminino ou não?

Luis: Essa aula não é só para mulheres de maneira alguma. Essa aula é para todos,  inclusive para os homens que vão ser muito desafiados dentro dela. Quando a gente fala “ginástica”, acaba envolvendo mais a questão feminina, porque as pessoas acham que ginástica foi feita só para mulher e é muito pelo contrário,  tenho alunos homens que fazem a aula que falaram que complementa muito o treino de musculação, por exemplo, que eles se sentiram totalmente diferentes fazendo os movimentos. É uma aula que tem sobrecarga, que tem peso, desafio. Então homens são sempre muito bem vindos na aula.

Webrun: A aula tem duração de apenas 30 minutos. Em comparação com a maior parte das  aulas de 1 hora, é melhor fazer 30 minutos forte ou treinar por mais tempo mais leve? Como é esse paralelo?

Luis: A gente começa pensando nos objetivos. Não é que de uma hora, 45 minutos hoje em dia não é mais eficiente, é eficaz sim, tanto que temos aula na grade ainda assim. As aulas de meia hora vieram para sanar a necessidade do ser humano de hoje em dia da correria, do tempo, do “não tenho tempo para treinar”, “não tenho tempo para ficar dentro da academia”.

Focado nesse treino HIT, intervalado de alta intensidade, queima mais calorias com exercícios um pouco mais pesados nesses 30 minutos. E depende muito do objetivo da pessoa se é melhor queimar mais ou é melhor treinar por uma hora. Se o aluno quer um trabalho focado mais em hipertrofia, não vamos levar ele para essa aula, mas sim para uma musculação. A aula de meia hora dá tanto resultado quanto a de uma hora. Depende de como você vai fazer ela, sobrecarga, peso, vontade de fazer a aula e executar os exercícios, tudo isso influencia.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Webrun: É recomendado sair de uma aula de CXWORX e emendar em outra?

Luis: Sim! Por exemplo, é recomendado combinar o CXWORX com Torq que é uma aula cardiovascular ou uma aula como o Body Jump. Você faz essa de meia hora e pode partir para uma mais cardiovascular. Só não recomendados que seja uma que exija sobrecarga e centralização do core.

Webrun: Quais aulas são interessantes de intercalar com o CXWORX?

Luis: A gente indica fazer o CXWORX sempre pós uma aula que você utilizou muito o centro, por quê? Se você faz o CXWORX antes de uma aula que vai usar muito a sobrecarga o seu core já esta cansado, ele já foi utilizado e efetivado e se for para uma aula dessas o teu core não vai estar mais sustentando aquela sobrecarga. Então, por exemplo, se fizer um Body Pump ou musculação antes e depois parte para o CXWORX, teu tronco e pernas estarão trabalhados e ai pode focar só no core, não pode fazer o inverso porque o core fica cansado.

+ Corra na Venus 15k Rio!

Webrun: Qual a frequência ideal para fazer a aula?

Luis: É melhor dar pelo menos 24 horas de descanso de um treino para o outro, porque querendo ou não é um treino intenso e forte que centraliza muito as musculaturas mais profundas. Então é preciso um tempo de recuperação para que na próxima aula a execução seja limpa, ampla e segura.

 

 

 

 

Comentários

Tags:, , , , , , , , , , , ,
Larissa Santos
Pseudo jornalista da ECA-USP. Meus amigos costumam dizer que sou criativa e uma explosão sentimental. Eles também reclamam de ser atrasada, mas juro que vou melhorar. Mirei em cultura e vim parar em esportes, mas tá tudo bem, eu amo escrever sobre tudo.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade