Da mitologia grega para as Olimpíadas: a história da maratona

Presente desde a primeira edição dos Jogos Olímpicos modernos, em 1896, a maratona é a prova de corrida mais famosa de mundo. São 42,195 quilômetros de esforço, dificuldade e muita superação. A prova que conhecida por tradicionalmente fechar os jogos é, para muitos, também a mais emocionante.

Inscreva-se na Meia Maratona de Gramado

Foto: Peter Mooney/CC BY-SA 2.0 Foto: Peter Mooney/CC BY-SA 2.0

A lenda

A criação da maratona foi feita para homenagear Pheidippides, um guerreiro ateniense, que no ano de 490 a.C, percorreu 40 quilômetros na Planície de Maratona, até chegar em Atenas, para dar uma importante notícia.

Segundo a lenda, os atenienses e persas estavam prontos para travar uma guerra que ficou conhecida como Primeira Guerra Médica. Os persas juraram que se vencessem o confronto, invadiriam Atenas, violariam as mulheres e matariam as crianças. Por estarem temendo o pior, os atenienses combinaram que caso não houvessem notícias da batalhas dentro de 24 horas, as mulheres matariam os filhos e cometeriam suicídio logo após.

Atenas venceu a guerra, porém ainda era necessário avisar as mulheres a tempo, então o comandante escalou seu melhor corredor, Pheidippides, que percorreu os 40 quilômetros de distância até voltar à cidade. O desgaste foi tão grande, que ao chegar, o guerreiro teve forças apenas para dizer que haviam ganho e morreu em seguida.

Mudança na distância

Um dos fatos mais curiosos da maratona é como ela teve sua distância original alterada. Aconteceu em 1948, quando a Londres sediou as Olimpíadas pela segunda vez. A prova foi de 40 quilômetros para 42,195, pois a família Real gostaria de assistir a largada da prova sem ter que sair do Palácio de Windsor.

A prova mais antiga do mundo

Entre as maratonas que se espalharam ao longos dos anos, a mais antiga acontece em Boston, nos Estados Unidos desde 1897. Sempre é disputada no Dia do Patriota, feriado nacional americano.

Alguns dos mais famoso maratonistas da história já frequentaram os pódios da competição, entre eles os campeões olímpicos: Abebe Bikila, Joan Benoite e Rosa Maria, recordista de vitórias entre as mulheres.

Foto: Bo Jorgensen/CC BY ND 2.0 Foto: Bo Jorgensen/CC BY ND 2.0

Maratona no Brasil

O Brasil não escapou da febre dos 42km, hoje provas como a Maratona Internacional de São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro recebem atletas de ponta no mundo inteiro.

Recordistas Olímpicos

Segundo os números do COI Comitê Olímpico Internacional, os recordistas olímpicos são:

Masculino: Samuel Wanjiru, Quênia 2h03min32 Pequim 2008
Feminino: Tiki Gelana, Etiópia – 2h23min07 Londres 2012

Este texto foi escrito por: Gustavo Mazzucchelli

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts