Delegação brasileira nos Jogos Sul-Americanos

Thiago Carahyba: campeão Mundial de Menores em 1997 na Hungria no salto em distância (foto: João Pires - Jump)
Thiago Carahyba: campeão Mundial de Menores em 1997 na Hungria no salto em distância (foto: João Pires – Jump)

O Brasil vai competir com 72 atletas durante o 7º Jogos Sul-Americanos que serão disputados de 1º a 3 de agosto em Belém (PA). A delegação para a competição, que é válida pelo Campeonato Sul-Americano da categoria, foi definida durante o Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo de Juvenis realizado de 8 a 9 de junho em Maringá (PR).

A equipe brasileira contará com 37 homens e 35 mulheres. A expectativa é de que o Brasil mantenha sua hegemonia de mais de 20 anos no continente em mais esta competição sul-americana. O país conquistou o Campeonato Sul-Americano do ano passado, disputado em Santa Fé, na Argentina, garantindo 21 medalhas de ouro, 11 de prata e 13 de bronze.

O Brasil sediará a 7ª edição dos Jogos Sul-Americanos após desistência da Argentina e depois da Colômbia. O país disputou com o Chile e venceu em votação por 11 votos a 3. Além do atletismo em Belém, a competição vai envolver disputas de 1º a 11 de agosto também nas cidades de Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

A delegação tem atletas de destaque e que estão em ascensão no atletismo brasileiro. É o caso de Bruno Nascimento Pacheco (Vasco da Gama/RJ-CAIXA), que estabeleceu o novo recorde nacional da categoria para a prova dos 100m (10.43) e dos 200m (20.71) durante o Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo de Juvenis.

Em maio, no Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo disputado em Belém, Bruno participou do revezamento 4 x 100 que ficou em primeiro lugar e também obteve a terceira colocação na prova dos 200m. No Mundial Juvenil realizado no final de semana em Kingston, na Jamaica, ele se destacou novamente ao fazer parte da equipe dos 4 x 100 que estabeceleu o novo recorde sul-americano para a prova.

Thiago Carahyba (BM & F Atletismo/SP-CAIXA), campeão Mundial de Menores em 1997 na Hungria no salto em distância, e Alessandra Picagevicz (Timbó/SC), recordista brasileira da Marcha Atlética em pista, estão confirmados.

Também fazem parte da delegação atletas como os amazonenses Danionison Pereira Sarkis, para o lançamento do martelo, e Mônica de Cássia Nascimento Freitas no revezamento 4 x 100m. Ambos fazem parte da equipe do São Raimundo (AM) e integram o Centro de Treinamento de Alto Nível (Cetan) de Manaus, projeto da Confederação Brasileira de Atletismo em parceria com a Confederação Sul-Americana da modalidade. Danionison conquistou no último final de semana, em Goiânia (GO), a medalha de ouro no lançamento do martelo durante os Jogos da Juventude.

A delegação será chefiada pelo pernambucano Warlindo Carneiro da Silva Filho, tendo como Treinador-chefe José Haroldo Loureiro Gomes (RS).

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts