Descubra como a creatina pode amenizar o cansaço e falta de disposição para os treinos

Quem treina todos os dias sabe que a preguiça e a falta de disposição são os piores vilões na busca por resultados. Mesmo com uma programação disciplinada e uma dieta regrada, o cansaço pode atrapalhar esse processo; e é aí que entra a suplementação. Um das substâncias mais utilizadas para combater esses sintomas é a creatina, composta por três aminoácidos: arginina, glicina e metionina. Por ser uma importante fonte de energia para a contração muscular, a creatina é uma boa opção para garantir disposição tanto no treino quanto em diversas atividades da sua rotina.

creatina
Foto: Fotolia

Cerca de 95% da creatina presente em nosso corpo é armazenada no músculo esquelético. Seu consumo como forma de suplementação promove o aumento no conteúdo intracelular dos nutrientes, podendo até mesmo modificar a utilização dos combustíveis que fornecem energia.

+ Corra 5km ou 10km em casa! Conheça os desafios virtuais!

“Como resultado, há um aumento no volume de treino, aumento de força e melhora da hipertrofia muscular”, explica o nutricionista esportivo Diogo Círico, da Growth Supplements. Além disso, o nutricionista ainda cita o aumento da capacidade aeróbica e a melhora na captação de oxigênio na célula.

Melhoras no treino

“Para não restar dúvidas quanto à eficácia, há maneiras de identificar a melhora nos treinos de modo direto e indireto. Os resultados são medidos com avaliação antropométrica, verificando o aumento de massa muscular, força e capacidade aeróbica”, como salienta Círico. Além disso, o atleta também sente a melhora de modo indireto, com o aumento da quantidade de repetições executadas nos exercícios, aumento de carga nos treinos e até mesmo a melhora no estado geral de saúde.

Como tomar a Creatina?

É possível suplementar seguindo diferentes estratégias, mas é importante que ela seja consumida todos os dias, independente se houver treino ou não. Outro fator relevante destacado pelo nutricionista é consumir ininterruptamente o suplemento por 14 semanas e depois interromper por 4 semanas.

A creatina pode ser encontrada líquida, em pó ou em cápsulas. O consumo e a dosagem devem ser orientados por um profissional. Assim como todo alimento ou suplemento quando consumido em excesso, a creatina também pode trazer danos ao organismo, principalmente para o fígado e rins, se o seu consumo não for moderado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carolina Abrantes

Carolina Abrantes

Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.

Ver todos os posts