Como manter uma alimentação saudável em tempos de isolamento social

Com o isolamento social por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19), muitos hábitos foram alterados, entre eles a alimentação. Para algumas pessoas, o momento pode desencadear mais apetite, em outras, menos. Para a médica endocrinologista da Faculdade São Leopoldo Mandic, Dra. Juliana Gabriel, essa pode ser uma fase em que as pessoas caem mais em tentação, porém, também pode ser aproveitada para refletir sobre os hábitos alimentares e aproveitar o tempo livre – afinal, muitas pessoas estão trabalhando de casa em horário normal e conseguiram ganhar o tempo de deslocamento – para cuidar mais da alimentação e planejar refeições. “Às vezes na correria do dia a dia, é normal fazer as escolhas mais práticas, mas agora, essa fase pode ser um grande catalisador de mudanças para uma vida mais saudável.”

Dicas para manter uma alimentação saudável em tempos de isolamento social
Foto: Adobe Stock

Como manter uma alimentação saudável durante o isolamento social

O primeiro ponto, segundo a Dra. Juliana, é começar a preparar as refeições em casa. “Quando cozinhamos sabemos exatamente o que está sendo colocado. Podemos selecionar os melhores ingredientes, os mais naturais e até mesmo orgânicos, substituir o tempero industrializado pelos naturais e, também, controlar a quantidade de óleo e sal (ou açúcar) e sem falar na higienização dos alimentos”, explica. A especialista destaca que há opções de marmitas de boa qualidade e que podem ser uma opção para quem não sabe ou não gosta de cozinhar.

+ Seu calendário completo de corridas está aqui!

Na hora de escolher o tipo de alimentos, a endocrinologista salienta que é importante dar prioridade aos alimentos naturais, como frutas, legumes, verduras, especialmente os que têm vitamina C para auxiliar na imunidade, como limão, laranja, acerola e maracujá. “Na outra ponta, devemos tentar evitar (ou reduzir) aqueles alimentos mais inflamatórios e que prejudicam nossas defesas: os carboidratos refinados (açúcar e farinhas) e as fontes de gordura saturada, como frituras, carnes, ovo, leite e queijos.”

Outra dica para manter a imunidade em dia, de acordo com a especialista, é tentar tomar sol – ainda que da janela ou varanda – para manter bons níveis de vitamina D. Além disso, o contato com o sol faz com que o organismo produza substâncias relacionadas ao bem-estar, melhorando o aspecto emocional do isolamento.

Para aqueles que estão preocupados com esse período em casa no qual podem acabar engordando, a Dra. Juliana recomenda que se planeje o cardápio, desde o momento de fazer as compras. “Investir em frutas e vegetais é uma boa saída. Quando bater a fome ou vontade de comer, é só abusar das saladas e frutas e evite doces e frituras”, finaliza.

A Faculdade São Leopoldo Mandic disponibiliza em seu site uma área especial com informações sobre o coronavírus, com diversos dados e artigos internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts